moção

Congregação da ECA aprova moção de apoio à manutenção do orçamento da Capes

A Congregação da ECA, em reunião realizada no dia 22 de agosto, aprovou moção de apoio à reivindicação do presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Abílio Baeta Neves, por ação imediata contra possíveis cortes do orçamento do Ministério da Educação para o ano de 2019.

Leia o texto na íntegra:

CTA aprova moção em apoio à pauta específica de servidores e estudantes

Em reunião realizada no dia 13 de junho, o Conselho Técnico Administrativo da ECA aprovou moção apresentada por Marina Macambyra, representante dos servidores técnico-administrativos, sobre a pauta específica reivindicada por estudantes e servidores da USP à Reitoria.

Leia na íntegra:

Moção de repúdio do Conselho Técnico Administrativo da ECA

Em reunião realizada no dia 7 de março, o Conselho Técnico Administrativo da ECA aprovou moção de repúdio à manifestação realizada durante a última reunião da Congregação da unidade, no dia 28 de fevereiro.

Veja abaixo o texto na íntegra:

 

Moção de Repúdio

Congregação da ECA aprova moção em apoio à UFMG

A Congregação da ECA aprovou em reunião realizada no dia 13 de dezembro uma moção de apoio e solidariedade à Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) que, no último dia 6 de dezembro, teve seu reitor e vice-reitora como alvos de condução coercitiva pela Polícia Federal, em investigação que apura o suposto desvio de recursos públicos para construção do Memorial da Anistia Política do Brasil.

CTA aprova moção em apoio ao Museu de Arte Moderna

O Conselho Técnico-administrativo da Escola de Comunicações e Artes (ECA) aprovou em reunião realizada no dia 4 de outubro moção de repúdio às manifestações contrárias à performance do artista Wagner Schwartz e em apoio ao Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) e à curadoria da exposição 35º Panorama de Arte Brasileira

Congregação lança moção contra condução coercitiva de jornalista

Em reunião realizada no dia 22 de março, a Congregação da Escola de Comunicações e Artes aprovou moção de repúdio à condução coercitiva do jornalista e blogueiro Eduardo Guimarães.

Guimarães foi levado coercitivamente para prestar depoimento na sede da Polícia Federal em São Paulo no dia 21 de março.

Veja abaixo o texto na íntegra: