Pós-Doutorado no Exterior

 

 

FAPESP – Pós-Doutorado no Exterior (BEPE)

FAPESP – Bolsa de Pesquisa no Exterior (BPE)

CNPq – Pós-Doutorado no Exterior (PDE)

CAPES – Pesquisa Pós-Doutoral

PRAZO PARA SUBMISSÃO

Fluxo contínuo

Fluxo contínuo

Vide calendário

Vide calendário

PRAZO PARA ANÁLISE

75 dias

75 dias

Vide calendário

Vide calendário

BENEFÍCIOS
  1. manutenção mensal;
  2. despesa de transporte
  3. seguro-saúde,
  4. auxílio instalação (quando a duração for igual ou maior que 3 meses). 

Para o bolsista:

  1. Diárias, até o limite e 10 (dez) diárias quando a duração da atividade de pesquisa é inferior a 1 mês, mediante análise da FAPESP.
  2. Manutenção mensal conforme tabela FAPESP;
  3. Passagem aérea (tarifa promocional até o limite de uma econômica normal),
  4. Passagem terrestre (exceto táxi);
  5. Seguro-saúde, conforme valor vigente

Para estágios de 6 ou mais meses:

  1. Manutenção mensal de dependentes, até o quarto, conforme tabela FAPESP;
  2. Passagem aérea para um dos dependentes (procedimento igual ao da passagem do bolsista);
  3. Passagem terrestre para um dos dependentes (exceto táxi);
  4. Seguro-saúde para um dos dependentes, conforme valor vigente

a) mensalidades;

b) auxílio-deslocamento;

c) auxílio-instalação;

d) seguro-saúde

  1. mensalidade;
  2. auxílio-instalação;
  3. auxílio-deslocamento;
  4. auxílio seguro-saúde
VALOR DA BOLSA

Vide tabela

Vide tabela

Vide tabela

Vide tabela

DURAÇÃO

até 12 meses

até 12 meses

de 6 a 12 meses (possibilidade de prorrogação, que não ultrapasse o total de 24 meses).

De 6 a 18 meses

REQUISITOS DO CANDIDATO
  1. bolsistas de pós-doutorado da FAPESP
  2. estar em dia com a FAPESP;
  3. proficiência na língua do País onde será realizado o estágio de pesquisa ou em inglês

1. Ter título de doutor ou qualificação equivalente.

2. ter vínculo formal com instituição de pesquisa no Estado de São Paulo.

2.1. quando o vínculo não for empregatício será necessário apresentar cópia de documento que formalize, de forma satisfatória para a FAPESP, o vínculo do Pesquisador Responsável à Instituição Sede do projeto.

3. ter produção científica ou tecnológica, avaliada por sua Súmula curricular.

4. estar em dia com a FAPESP

  1. título de doutor quando da implementação da bolsa;
  2. dedicar-se integralmente às atividades programadas na instituição de destino;
  3. não acumular a presente bolsa com outras bolsas concedidas com recursos do Tesouro Nacional;
  4. para ex-bolsista de doutorado no exterior de agência nacional, observar o tempo mínimo de permanência no Brasil exigido pela agência.
  5. cumprir interstício mínimo de 3 (três) anos entre dois Pós-Doutorados no Exterior com bolsa do CNPq;
  6. ser brasileiro ou estrangeiro com visto permanente no Brasil.
  1. título de doutor há menos de 8 anos;
  2. nacionalidade brasileira e, se estrangeiro, ter visto permanente no país;
  3. não ter realizado no exterior estudos/pesquisas da mesma natureza nos últimos três anos;
  4. não acumular a presente bolsa com bolsas concedidas por qualquer agência de fomento nacional;
  5. residir no Brasil;
  6. demonstrar atuação em atividade de docência ou pesquisa, compatíveis com o tempo de atuação como doutor.
DOCUMENTOS NECESSÁRIOS
  1. projeto de pesquisa;
  2. resumo do projeto de pesquisa principal, referente à Bolsa no País;
  3. descrição dos ganhos acadêmicos esperados para o projeto de pesquisa referente à Bolsa no País em decorrência do estágio de pesquisa no exterior;
  4. justificativa para a escolha do centro;
  5. Curriculum Vitae do pesquisador supervisor no exterior;
  6. declaração do pesquisador supervisor no exterior manifestando aceite do candidato e concordância em emitir um parecer circunstanciado sobre o Relatório Científico Final;
  7. parecer do pesquisador supervisor no exterior sobre o mérito científico e exequibilidade do projeto de pesquisa proposto;
  8. declaração formal do Orientador/Supervisor atestando a proficiência em língua estrangeira necessária para a realização do estágio no exterior;
  9. sumula curricular atualizada
  10. declaração de compromisso de retorno ao País ;
  11. carta da instituição no exterior aceitando o candidato, indicando o pesquisador responsável pelo estágio pesquisa;
  12. manifestação de ciência do dirigente da instituição.

a) projeto de pesquisa.

b) Sumário do projeto principal de apenas uma folha, se a bolsa tiver vínculo com algum auxílio.

c) Súmula curricular do candidato.

d) Carta da instituição ou do pesquisador no exterior aceitando o candidato.

e) Justificativa para a escolha do centro para o estágio.

f) Declaração de interesse de instituição de pesquisa do Estado de São Paulo no programa proposto. (clique aqui para ver o modelo de declaração).

g) Currículo do pesquisador com o qual o candidato realizará o estágio. 

  1. Formulário de Propostas Online ;
  2. currículo Lattes do candidato
  3. currículo do supervisor, na forma de home page ou arquivo anexado;
  4. projeto de pesquisa;
  5. concordância do supervisor com as atividades propostas; e
  6. confirmação por parte do supervisor de que o conhecimento do idioma do país de destino é suficiente para o desenvolvimento das atividades previstas.

 

  1. projeto de pesquisa em português;
  2. diploma de doutorado (quando diploma outorgado por instituição estrangeira, apresentar a cópia do diploma devidamente apostilado com as informações referentes ao reconhecimento do título).
  3. curriculum Lattes
  4. curriculum vitae resumido do colaborador da instituição no exterior;
  5. manifestação de interesse no projeto de pesquisa do colaborador estrangeiro;
  6. carta de aceite oficial ou definitiva;
  7. comprovante de residência.
SUBMISSÃO

Exclusivamente eletrônica: www.fapesp.br/sage

Exclusivamente eletrônica:

www.fapesp.br/sage

Exclusivamente eletrônica:

http://efomento.cnpq.br/efomento/

Exclusivamente eletrônica: endereço fornecido quando da divulgação da chamada:

NORMA COMPLETA

http://www.fapesp.br/bolsas/bepe/

http://www.fapesp.br/2429

 

http://www.cnpq.br/web/guest/apresentacao13

http://www.capes.gov.br/bolsas/bolsas-no-exterior/pesquisa-pos-doutoral-no-exterior