Cadastro de Produção Docente

 

As atividades de cultura e extensão universitária são concebidas como processo educativo, cultural e científico que integra o ensino e a pesquisa de forma indissociável e viabiliza a relação transformadora entre a Universidade e a sociedade. 

Essas atividades são definidas e regulamentadas através do Regimento de Cultura e Extensão Universitária, Resolução Nº 5940, de 26 de Julho de 2011.

Caso o docente da ECA desenvolva/participe de alguma atividade elencada no rol abaixo, é possível que a CCExECA faça a validação, de maneira que essa atividade passará a integrar o "Relatório de Atividades do Docente". Para tanto basta fazer o cadastro da atividade no sistema Apolo.

OBS: Quando um curso é gerenciado pelo sistema Apolo ele integra automaticamente o currículo do docente, não sendo necessário cadastrá-lo no módulo "Atividade"

OBS: Caso a atividade seja um evento da USP, o cadastro deve ser feito no Apolo, “Módulo Evento”, que integrará automaticamente o currículo docente. Para os casos de emissão de certificado do evento, favor consultar o tópico "Cadastro de Eventos" 

Rol das atividades de extensão:

I – Formação profissional e educação continuada:

a – Curso de Especialização;

b – Curso de Aperfeiçoamento;

c – Curso de Atualização;

d – Residência;

e – Prática Profissionalizante;

II – Assessoria, consultoria e prestação de serviço especializado;

III – Assistência;

IV – Orientação;

V – As seguintes atividades também são consideradas de cultura e extensão universitária:

a – participação em bancas examinadoras ou julgadoras, realizadas fora da Universidade de São Paulo, tais como de:

1 – exame de qualificação e defesa de mestrado e doutorado;

2 – concurso ou seleção de ingresso;

3 – concurso de acesso ou progressão;

b – participação em colegiado ou comissão externa à Universidade de São Paulo;

c – atividade de educação e divulgação artística, cultural, científica, técnica, tecnológica ou desportiva por meio de:

1 – cursos de difusão;

2 – programa de atualização;

3 – projetos dirigidos à educação básica;

4 – exposições e feiras;

5 – divulgação nos meios de comunicação;

6 – redação de textos de divulgação;

7 – produção de materiais didáticos para a educação básica e outras clientelas, tais como: fitas sonoras, vídeos, filmes, diapositivos e meios de armazenamento digitais;

8 – produção de jornais, livros, revistas, partituras, boletins técnicos e outros;

9 – apresentações musicais e concertos;

10 – apresentações teatrais, leituras dramatizadas, produções cênicas, projetos técnicos e artísticos em artes cênicas;

11 – eventos desportivos;

12 – repasse de produtos gerados pela Universidade;

d – participação na direção de sociedades científicas, técnicas, tecnológicas, artísticas, honoríficas, culturais ou profissionais e conselhos editoriais;

e – supervisão de estágios não obrigatórios, de treinamentos, de reciclagens, de visitas monitoradas ou técnicas e projetos do corpo discente;

f – promoção e organização de eventos científicos, técnicos, tecnológicos, culturais, artísticos e desportivos;

g – contribuição em eventos científicos, técnicos, tecnológicos, culturais, artísticos, desportivos, palestras, conferências, seminários, simpósios, jornadas, encontros, oficinas, reuniões e congressos;

h – participação na elaboração de projetos de lei e normas legais e técnicas;

i – elaboração de pareceres, laudos técnicos e perícias judiciais;

j – participação em projetos comunitários;

k – outras atividades não contempladas nos incisos e alíneas anteriores, a juízo do Conselho de Cultura e Extensão Universitária.