Campanhas

As cores dos meses e os seus significados: entenda cada campanha voltada à saúde

Outubro rosa, novembro azul, janeiro branco... Você certamente já ouviu falar em alguma dessas campanhas voltadas à prevenção de doenças, não é mesmo? Mas, sabia que todos os meses do ano possuem cores específicas? Sim, o nosso calendário é marcado por tonalidades que buscam chamar a atenção e conscientizar as pessoas sobre a importância de cuidarmos da saúde e priorizar a nossa qualidade de vida.

Apesar de ainda não existir um calendário oficial sobre as cores dos meses, as campanhas são cada vez mais conhecidas, divulgadas e abraçadas pelas pessoas ao redor do mundo. Por isso, é tão importante o conhecimento dessas causas, ter a maior quantidade de informações e engajamentos às ações. Veja, abaixo, a cor indicada para cada mês e saiba qual é a campanha destinada a esse período:

As cores dos meses na prevenção de doenças

JANEIRO - Branco: Mente sã, corpo são. O primeiro mês do ano é um alerta sobre a saúde mental. As ações dessa campanha buscam ressaltar a importância de cuidarmos não só da parte física, mas como emocionais para o melhor equilíbrio e bem-estar.

FEVEREIRO - Roxo / Laranja: Apesar de ser mais curto que os demais, fevereiro é um dos meses com mais causas engajadas. O período é referente ao combate da conscientização da lúpus, do Mal de Alzheimer e da fibromialgia. O segundo mês do ano também tem uma campanha "alaranjada", para conscientizar sobre a leucemia.

MARÇO - Azul Escuro: A campanha durante todo o mês de março é voltada ao debate sobre a prevenção ao câncer colorretal.

ABRIL - Azul: É um dos meses que já tem campanha bem conhecida e estabelecida no mundo todo. O Abril Azul é voltado ao debate sobre o autismo, por causa do dia 02/04, que é data do "Dia Mundial de Conscientização do Autismo".

MAIO - Amarelo / Vermelho: O quinto mês do ano é destinado à prevenção de acidentes de trânsito. Já o "Maio Vermelho" tem como objetivo principal informar sobre a hepatite.

JUNHO - Vermelho: O laço vermelho do sexto mês do ano é indicativo para a importância de doar sangue. Isso se deve ao dia 14/06, o "Dia Mundial do Doador de Sangue". Junho ainda se colore de Laranja para a conscientizar sobre a anemia.

JULHO - Amarelo: O sétimo mês do ano ganha a cor amarelada para trazer à tona a conscientização sobre o câncer ósseo e também as hepatites virais.

AGOSTO - Dourado: Nesse mês, entre os dias 01 e 07, acontece a "Semana Mundial da Amamentação", por isso, o período é destinado às informações sobre o aleitamento materno.

SETEMBRO - Vermelho / Verde: O nono mês do ano fica vermelho para ressaltar a importância de cuidarmos da saúde do coração. O período também destaca ações sobre a doação de órgãos e a prevenção do câncer no intestino. Para essas duas campanhas, o mês se pinta de verde.

OUTUBRO - Rosa: Mais divulgado e conhecido por todo o mundo, o Outubro Rosa foi uma das primeiras campanhas criadas (Iniciou nos Estados Unidos na década de 1990) e é dedicado à conscientização sobre o câncer de mama.

NOVEMBRO - Azul: E se outubro é dedicado em maior parte à saúde feminina, novembro chega para os homens quebrarem seus preconceitos históricos.  O novembro azul ganha também um logotipo em formato de bigode para conscientizar a pessoas sobre a importante de prevenir e combater o câncer de próstata. Além disso, a cor também serve para campanhas votadas aos cuidados da diabetes.

DEZEMBRO - Laranja / Vermelho: O ano se fecha com cores vibrantes. O "Dezembro Laranja", serve para conscientizar sobre a importância de combater o câncer de pele, enquanto o "Dezembro Vermelho", ressalta a necessidade de prevenir a AIDS (para mais informações acesse UNAIDS ou Ministério da Saúde).

Como a alimentação saudável pode ajudar a prevenir doenças?

Considerado um dos "pais da medicina ocidental", Hipócrates (460 a.C.-377 a C.), já explicava que a alimentação saudável era a base da vida. Com sua célebre frase: "Seja o teu alimento o teu medicamento e seja o teu medicamento o teu alimento", a noção dos alimentos como fontes de cura e bem-estar era nítida e passou a ser considerada além das crenças do "senso-comum".

Hoje em dia, a ciência reconhece que a alimentação é um fator determinante para a prevenção de doenças. Até pouco tempo, os estudos se restringiam a achar que o nosso corpo necessitava apenas dos nutrientes básicos (carboidratos, gorduras, proteínas, minerais, vitaminas e água) para funcionar corretamente. Agora, cada vez mais, são reconhecidas a importância dos valores nutricionais encontrados de forma superpotentes em todos os vegetais, os chamados "fitoquímicos".

Apesar das pesquisas estarem apenas começando, grandes novidades estão sempre vindo à tona para enfatizar o poder de cura dos alimentos naturais. Grãos e sementes, como a soja; verduras, como o repolho, e frutas, como o limão, são considerados "salva-vidas", por possuírem compostos nutricionais capazes de fortalecer o organismo e defender qualquer ação externa ofensiva de vírus ou bactérias causadores de doenças e enfermidades no corpo.

 

Dicas de saúde

Acolhe USP - Programa de Acolhimento Relacionado ao uso de Álcool e outras Drogas 

Projeto Casa Limpa 

Combate ao AEDES AEGYPTI 

Movimente-se na ECA 

Capivaras na Raia Olímpica - Orientações a Comunidade 

CIPA/ECA