"FAPESP não pode fabricar produto" - entrevista com José Goldemberg ao jornal Estadão

29/04/2016

Depois de Alckmin pedir ‘utilidade’ para gastos da fundação, o presidente da Fundação e presidente de honra da SBPC, José Goldemberg, ressalta que ciência social produz política pública.
O trabalho da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) foi colocado em questão nesta semana. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), teria dito, em reunião com seus secretários, que a fundação gasta dinheiro com pesquisas sem utilidade prática, investindo em projetos de sociologia, enquanto deixa de apoiar o desenvolvimento da vacina contra a dengue do Instituto Butantan. O assunto foi levantado pela coluna Radar On-line, da revista Veja.
Secretários negaram a polêmica. Ao Estado, o presidente da Fapesp e presidente de honra da SBPC, José Goldemberg, considera oportuno discutir o investimento em pesquisa e destacou que a fundação investiu R$ 2 milhões só em pesquisas direcionadas ao Butantan.

Veja o texto na íntegra: O Estado de S. Paulo