Branquitude é tema do próximo "Diversidade em Ciência"

03/02/2018 14:00
03/02/2018 15:00

No dia 3 de fevereiro, às 14h, Ricardo Alexino Ferreira, docente do Departamento de Jornalismo e Editoração (CJE), entrevista Lia Vainer, psicóloga social pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IP-USP).

Na entrevista, Lia Vainer falará sobre os resultados de sua tese Entre o ‘encardido’, o ‘branco’ e o ‘branquíssimo’: raça, hierarquia e poder na construção da branquitude paulistana, que aborda como a ideia de raça e os significados sobre branquitude são apropriados e construídos por pessoas brancas na cidade de São Paulo. A autora usou como metodologia de pesquisa entrevistas de pessoas que se autodefiniam como brancos e como esses pensavam sobre a questão de identidade étnica.


Diversidade em Ciência aborda a questão dos privilégios da branquitude. Foto: arquivo pessoal da entrevistada e capa do livro da entrevistada.  

A tese produzida por Lia Vainer se transformou no livro Entre o ‘encardido’, o ‘branco’ e o ‘branquíssimo’: raça, hierarquia e poder na construção da branquitude paulistana publicado pelas editoras FAPESP/Annablume.

A entrevista será transmitida pela Rádio USP-FM, que pode ser sintonizada em 93,7 MHz/SP, ou pela página da rádio. Diversidade em Ciência é um programa voltado para a divulgação científica, a diversidade e os direitos humanos. É transmitido toda segunda-feira, às 13h, com reapresentações às terças, às 2h, e aos sábados, às 14h.