Conheça o cinema de Carlos Reichenbach em mostra no MariAntonia

16/10/2019 19:00
18/10/2019 22:00

Carlos Reichenbach se apaixonou pelo cinema enquanto andava pelas ruas de São Paulo em sua bicicleta. Para ele, “o cineasta vive com seu filme uma relação como a de pai e filho”. Foi então nessa relação familiar que um dos maiores cineastas brasileiros deixou um extenso legado de filmes. Quatro deles serão exibidos, dos dias 16 a 18 de outubro, no Centro Universitário MariAntonia. 

A mostra Três Dias com Carlos Reichenbach é realizada em parceria com o grupo de pesquisa História  da Experimentação no Cinema e na Crítica (HECC), coordenado pelo professor Rubens Machado Jr, do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR). O grupo tem uma parceria firme com o MariAntonia, uma vez que o centro é um dos locais de exibição dos cine-debates promovidos pelo HECC. 

Curiosamente, a sala de cinema do Centro Universitário é nomeada em homenagem ao cineasta, que morreu em 2012. 

“Carlão”, como era chamado, não foi apenas cineasta, mas também crítico de cinema e admirador da cultura. "Seu cinema parecia fácil, simples. Mas era a decantação de seu enorme conhecimento, de cinema, de música também, de literatura também”, comenta o crítico Inácio Araújo. 

Nos três dias de mostra, serão exibidos os filmes Alma Corsária (1993), Anjos do Arrabalde: as Professoras (1987), A Ilha dos Prazeres Proibidos (1979) e Falsa Loura (2008). A abertura do evento contará com familiares do diretor e ao longo da programação, haverá debate com pesquisadores do cinema e com o professor coordenador do HECC. 

A entrada é gratuita, sujeita à lotação da sala, de 65 lugares. Para mais informações, acesse a página do evento no Facebook


Foto: Ana Rojas/Folhapress

 

Serviço:
Mostra Três Dias com Carlos Reichenbach
Data: 16 a 18 de outubro
Horário: 19h
Local: Centro Universitário Maria Antonia (Rua Maria Antonia, 294, Vila Buarque)