Desafios da informação num contexto de mentiras e ódio é tema do Seminário Informação Pública

22/10/2019 09:00
22/10/2019 17:30

O Seminário é realizado pelo Laboratório de Cultura, Informação e Sociedade, no dia 22 de outubro, no auditório Paulo Emílio

 

Como promover o acesso aos bens culturais? Por que as fake news se espalham com tanta velocidade? O que explica o surgimento da onda anticientífica? Essas são as perguntas que regem o Seminário Informação Pública, que nesta edição de 2019 trata dos temas informação, mentiras e ódio. 

As tendências de negação da ciência e da cultura afetam diretamente o modo como as informações trafegam na sociedade e o modo como as pessoas consomem conteúdo. O seminário vem então propor discussões com profissionais de diversas áreas para entender esses fenômenos atuais, potencializados pelas mídias. 

Organizado pelo Laboratório de Cultura, Informação e Sociedade, do Departamento de Informação e Cultura (CBD), o evento acontece no auditório da Biblioteca Brasiliana. O prólogo é com a professora Lilia Schwarcz, antropóloga e autora de diversos livros, entre eles, Sobre o Autoritarismo Brasileiro.

Em seguida, haverá uma breve apresentação do professor Luiz Milanesi, organizador do evento e docente no CBD. 

A primeira mesa, Arte, cultura e informação, é apresentada por Teixeira Coelho, docente sênior da ECA, que discute o acesso à cultura como direito humano garantido pela Declaração de 1948. A palestra também expõe os desafios para os agentes culturais, entre eles professores e bibliotecários, e a importância das artes para o desenvolvimento de cidades e países. 

A segunda mesa, Educação, biblioteca e desenvolvimento da ideia de ciência, é apresentada por Nilson Machado, docente na Faculdade de Educação, e tem como debatedores a pesquisadora Roseli Lopes e o professor Luís Carlos de Menezes. Será discutido o papel do ensino da ciência para evitar a propagação de tendências anticientíficas. 

Já a terceira e última mesa, Fake news, informação e bibliotecas, é composta pelos professores da ECA, Eugênio Bucci e Luli Radfharer, que discutem como rebater e evitar a disseminação de informações falsas.

O evento acontece no dia 22 de outubro, das 9h às 17h30. Para mais informações, acesse o site do seminário

Foto: Amanda Ferreira

 

Serviço:
Seminário Informação Pública 2019: Informação, mentiras e ódio
Data: 22 de outubro
Horário: 9h às 17h30
Local: Auditório Paulo Emílio, 2º andar - Prédio Central da ECA