Manfredo Kraemer e Conjunto de Música Antiga da USP encerram temporada da Série Internacional de Música USP

06/11/2019 12:30
06/11/2019 13:30

“Um dos violinistas barrocos mais influentes e distintos da atualidade”, segundo a revista de música da BBC, Manfredo Kraemer é o convidado do concerto de encerramento da Série Internacional de Música USP (SIM-USP). O violinista argentino se apresenta ao lado do Conjunto de Música Antiga da USP no dia 6 de novembro, quarta-feira, às 12h30, na Sala Villa-Lobos da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin. O concerto é gratuito e aberto ao público.

Dos oito concertos inicialmente previstos, a Série Internacional de Música USP (SIM-USP) chega ao final com um total de 11 concertos realizados ao longo do ano. A proposta para esta primeira edição era reunir, em apresentações gratuitas, artistas brasileiros em parceria com convidados internacionais que têm se destacado no cenário musical, com repertório formado por compositores clássicos e conhecidos do público. Desde março, músicos da Hungria, Áustria, Argentina, Bélgica, França, Itália, Estados Unidos e Polônia já passaram pela Sala Villa-Lobos da Biblioteca Mindlin.

No encerramento da temporada, Manfredo Kraemer e o Conjunto de Música Antiga da USP apresentam um repertório com obras de três compositores: Philipp Jakob Rittler, Georg Philipp Telemann e o italiano Antonio Vivaldi. Deste último, o conjunto apresenta movimentos dos concertos “Verão” e “Inverno” que fazem parte da sua obra mais conhecida, “As quatro estações”. Professor na Escola Superior de Música da Catalunha, em Barcelona, Manfredo Kraemer é membro fundador de La Barroca del Suquía, considerada uma das melhores orquestras barrocas da América Latina. É frequentemente convidado como maestro de orquestras e conjuntos de renome internacional. 


Manfredo Kraemer. Foto: Tatiana Daubek

 

Conjunto de Música Antiga da USP

Há 17 anos em atividades, o Conjunto de Música Antiga da USP tem a proposta de unir pesquisa musicológica e performance da música dos séculos XVI, XVII e XVIII. Entre os projetos já realizados pelo grupo estão: a ópera “L’Orfeo” de Claudio Monteverdi, na reinauguração do Theatro São Pedro, em 2005; uma série de concertos dedicada à Música Colonial Brasileira, junto ao coral Audi Coelum, com narração da atriz Fernanda Montenegro e direção geral de Roberto Rodrigues, em 2014; e a primeira montagem sul americana da 5ª Sinfonia de Beethoven com instrumentos históricos, em 2017. A apresentação do dia 6 de novembro tem regência de William Coelho.

A SIM-USP é uma iniciativa da ECA em parceria com a Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária e a Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin da USP. A série contou com o apoio de diversas embaixadas e instituições culturais: Istituto Italiano di Cultura, Consulado da Hungria, Embaixada da Áustria, Fundação Maria Luisa e Oscar Americano, Institut Français Brasil, Consulado Geral da Bélgica em São Paulo, Embaixada da França no Brasil, Casa da Polônia, Adam Mickiewicz Institute e Fundacja Ars Activa.

A curadoria da Série Internacional de Música USP (SIM-USP) é do pianista Eduardo Monteiro, professor e diretor da ECA, e da clarinetista Mônica Lucas, também professora da ECA e diretora artística do Conjunto de Música Antiga da USP.

Serviço:
Concerto de encerramento da Série Internacional de Música USP – Manfredo Kraemer e Conjunto de Música Antiga da USP
Data: 6 de novembro
Horário: 12h30
Local: Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin da USP
Endereço: Rua da Biblioteca, 21, Cidade Universitária, São Paulo, SP
Quanto: grátis
Mais informações: www.sim-usp.com