No “Diversidade em ciência”, docente do CJE fala sobre anacronismos e período pós-ditadura

08/06/2019 14:00
08/06/2019 14:00

No dia 8 de junho, o programa de divulgação científica da Rádio USP, Diversidade em ciência, coordenado pelo professor Ricardo Alexino Ferreira, recebe Alice Mitika, docente sênior do Departamento de Jornalismo e Editoração (CJE). 

Na entrevista, a professora fala sobre anacronismos nos registros históricos e jornalísticos. Um dos exemplos é pensar no trabalho de Monteiro Lobato sem analisar o contexto dos anos 1930. Mesmo conservador, o escritor foi um dos primeiros grandes editores do Brasil. Sobre o assunto, Alice publicou pela Edusp o livro Monteiro Lobato: intelectual, empresário, editor.

A docente também abordará o período pós-64 no Brasil e a relação paradoxal de alguns setores da USP com a ditadura militar, tema de sua última pesquisa. 

Recentemente, Alice recebeu o Prêmio Personalidade de Destaque no Ensino de Jornalismo brasileiro, outorgado pela  Associação Brasileira de Ensino de Jornalismo (ABEJ). 

Foto: Ricardo Alexino Ferreira

O Diversidade em Ciência vai ao ar toda segunda-feira, às 13h, com reapresentações às terças-feiras, às duas horas da manhã e aos sábados, às 14h, com direção e apresentação do professor do Departamento de Jornalismo e Editoração (CJE) e membro da Comissão de Direitos Humanos da Reitoria da USP Ricardo Alexino Ferreira e operação de áudio de João Carlos Megale.

A Rádio USP-FM pode ser sintonizada em 93,7 MHz/SP ou pela internet.