OBCOM promove leitura dramática de "Morte e Vida Severina"

24/02/2018 14:30
24/02/2018 17:30



OBCOM inicia projeto Liberdade em Cena com a leitura dramática da obra Morte e Vida Severina. Imagem: Walter Cruz

No dia 24 de fevereiro, sábado, das 14h30 às 17h30, tem início o projeto Liberdade em Cena, com a leitura dramática do livro Morte e Vida Severina, do autor brasileiro João Cabral de Melo Neto. O evento que ocorrerá no Centro de Pesquisa e Formação SESC São Paulo é uma iniciativa do Observatório de Comunicação, Liberdade e Expressão e Censura (OBCOM), grupo de pesquisa vinculado à ECA.

O evento faz parte do projeto realizado pela OBCOM que visa promover e dar continuidade a quinze anos de pesquisas sobre a liberdade de expressão e censura desenvolvidas junto ao arquivo Miroel Silveira da ECA — um conjunto de 6.137 arquivos processos de censura prévia ao teatro entre os anos de 1930 a 1970 no estado de São Paulo.

Denominado por João Cabral como Auto de Natal Pernambucano, Morte e Vida Severina é um poema dramático ligado a sensibilidade brasileira. Lido, representado e televisionado, proibido e liberado, é um dos pontos principais da nossa literatura. A peça da obra foi escrita em 1955, em seguida, musicado por Chico Buarque de Holanda. A peça narra a história Severino, um retirante nordestino que sai da caatinga com destino à Recife tentando se livrar da miséria e da fome, buscando uma vida melhor.

A inscrição pode ser realizada através do site do Centro de Pesquisa e Formação do SESC.

Serviço:

Leitura dramática do livro Morte e Vida Severina
Data: 24 de fevereiro
Horário: Das 14h30 às 17h30
Local: Centro de Pesquisa e Formação SESC São Paulo (Rua Dr. Plínio Barreto, 285, 4º andar - Bela Vista - São Paulo)