Funcionária da ECA lança livro sobre dança na Espanha seiscentista

Ellen Eliza Pereira, funcionária do Serviço de Graduação da ECA, lançou no dia 25 de fevereiro seu livro Bailes e danças representados e discursados na Espanha (1600-1660). A obra é resultado de sua dissertação de mestrado defendida na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP. Durante o evento de lançamento, realizado na Biblioteca da ECA, Ellen também fez uma apresentação da dança do ventre.

Bailes e danças representados e discursados na Espanha (1600-1660) une o trabalho acadêmico de Ellen aos seus interesses íntimos e pessoais. O livro não só faz uma análise da Espanha seiscentista por meio das característica da dança e dos bailes como também aponta os gestos e o movimento do corpo feminino como atos de transgressão e subversão. Segundo a autora, o objetivo do trabalho "era resgatar fontes da dança em uma época de cultura popular forte na Espanha".

Livro de Ellen Eliza Pereira é fruto de sua dissertação de mestrado defendida na FFLCH-USP.

Apesar das dificuldades em conciliar seu interesse pessoal pela dança com a pesquisa acadêmica, Ellen Eliza Pereira afirma que a experiência foi enriquecedora no sentido de sua própria expressão artística. "Foi muito prazeroso descobrir que manifestações artísticas femininas estavam tão presentes no século XVII, mesmo com toda a repressão, principalmente por parte da Igreja. Talvez o ambiente fosse até mais permissivo do que hoje. Isso me fez estudar e executar a dança de forma mais consciente", afirmou a autora.

A publicação de Bailes e danças representados e discursados na Espanha (1600-1660) contou com o apoio de três instituições: Ludens (Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas sobre Futebol e Modalidades Lúdicas da USP); Programa de Pós-Graduação em História Social, da FFLCH-USP; e Programa de Excelência Acadêmica (PROEX) da USP.

Funcionários da ECA prestigiaram o lançamento do livro de Ellen.

 

Fotos: Susana Sato