Minicurso "O ensino de piano para crianças e adultos iniciantes"

30/09/2019 09:00
Minicurso "O ensino de piano para crianças e adultos iniciantes"
Profa. Dra. Claudia Deltregia, Universidade Federal de Santa Maria.
Público alvo: Professores de Piano
Data e Hora: 30 de Setembro, das 9h às 17h

Local: Departamento de Música (sala 9)
Coordenação: Luciana Sayure
Realização: Laboratório de Piano USP e Programa de Pós Graduação em Música da ECA-USP
Inscrições: Os interessados deverão enviar, até o dia 24 de setembro, pequeno currículo e carta de intenções para o email: laboratoriodepianousp@gmail.com
 
 
Claudia Deltregia, Universidade Federal de Santa Maria – UFSM, Santa Maria (RS), Brasil
 
É professora adjunta do Curso de Música da UFSM. Possui Bacharelado em Piano e Mestrado em Artes pela Unicamp (bolsa FAPESP) e Doutorado em Pedagogia do Piano e Performance pela University of South Carolina – EUA (Bolsa Capes/Fulbright). Entre seus principais mentores, destacam-se Elizabete Barthelson, Homero Magalhães, Mauricy Martin, Charles Fugo e Marina Lomazov. Durante seu mestrado e doutorado recebeu orientação teórica da Profa. Dra. Maria Lúcia Pascoal e do Prof. Dr. Scott Price respectivamente, pesquisando materiais didáticos para a introdução da música contemporânea para alunos iniciantes de piano. Tem ministrado masterclasses de piano, cursos e palestras em diversas universidades brasileiras e estrangeiras, atuado como banca julgadora de concursos de piano, além de participar de congressos e conferências nacionais e internacionais.  Desde 1999, atua como solista e camerista, desenvolve intensa atividade didática e promove ações de pesquisa e extensão na área de pedagogia do piano. Claudia Deltrégia promove uma série de ações que envolvem pesquisa, ensino e extensão, tendo como foco principal a formação inicial e continuada de professores de piano. 
 

Minicurso "O ensino de piano para crianças e adultos iniciantes"

Justificativa:

Apesar do crescimento considerável no número de pesquisas acerca das ações pedagógicas de professores de piano, notamos que o número de ações que visam a  melhora da prática de ensino ainda é reduzido.  Esse fato é relevante principalmente no que tange à formação continuada de professores de piano que atuam em escolas, conservatórios ou estúdios particulares.

 Pesquisas que procuram investigar e refletir criticamente sobre a situação do ensino instrumental são de extrema importância. Porém, sem uma concomitante contraposição de ações práticas e efetivas que se desenvolvam junto aos investigados, as transformações desejadas não são atingidas. Desta forma, é imprescindível que cursos que visam a formação de professores promovam atividades que rompam com a dicotomia teoria/prática.Essas devem auxiliar os futuros profissionais a incorporarem práticas de ensino que demonstrem sintonia com pesquisas recentes e que, ao mesmo tempo, sejam efetivas no contexto educacional.