Agenda: eventos da ECA na Cidade Universitária

Nas primeiras semanas de novembro, a ECA promoverá uma série de eventos em diversos espaços da Cidade Universitária, de seminário a concertos, associados aos departamentos de Relações Públicas, Propaganda e Turismo (CRP), Jornalismo e Editoração (CJE) e Música (CMU).

De 6 a 8 de novembro, o CRP recebe o I Fórum Internacional Fontié Ki Kwaze, que tem como tema Fronteiras Cruzadas: O Desafio das Comunicações diante das Populações em Deslocamento. O objetivo é pensar estratégias conjuntas de comunicação sobre as diásporas contemporâneas. O fórum contará com a participação de convidados do Brasil, Argentina, México, Colômbia, Bolívia, Haiti, Moçambique, Angola, Congo, Camarões, Palestina e Síria. 

Entre os dias 8 e 10 de novembro, a Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor) organiza, na ECA e no Centro Universitário FIAM-FAAM, a 15º edição do seu congresso anual, cuja discussão se volta para os direitos humanos e a pesquisa em jornalismo. O evento conta com uma programação composta por oficinas, palestras, mesas temáticas, seminários e apresentações de trabalhos e debaterá a temática tanto com pesquisadores experientes como jovens, cujos artigos compõem o VII Encontro de Jovens Pesquisadores em Jornalismo. Além destas atividades, a Associação promove, nos dias 6 e 7, na condição de pré-congresso, o I Colóquio Brasil-Índia, que acontece no Indian Culture Center. A programação completa pode ser encontrada aqui.

No dia 7 de novembro, às 12h30, o Laboratório de Música de Câmara (LAMUC) realiza um concerto na Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ), com apresentação de diversos alunos do CMU. Larissa Evaristo, no trompete e Vinicius Penteado, no violino, apresentam o Concerto para trompete Mib, do compositor Jean George Baptist Neruda. Já Giovanna Nunes, no violino e Gabriel Brandão, no piano, apresentam a composição Violin Sonata No.21, E Minor, K.304, de Wolfgang Amadeus Mozart. Por fim, o Grupo Clariô, composto por Rafaela Romam, na voz e violão, e Amanda Ferraresi, no cello, traz um repertório composto por músicas brasileiras, com Suíte Caymmi, de Dorival Caymmi, Teus olhos em mim, de Roberto Mendes, Até a lua, de Ana Maria Carvalho e Foguete, de Jota Velloso e Roque Ferreira.  

No dia 8 de novembro, a partir das 13h30, a Editora Com-Arte e o Núcleo de Estudos do Livro e da Edição (NELE) promovem o seminário Passado e Presente do Livro: Revisão de provas, questões trabalhistas e artes gráficas, que ocorre na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin e pretende discutir as mudanças na cadeia produtiva do livro ao longo da história, de modo a entender melhor o mercado atual. O evento é gratuito e não exige inscrição prévia.

Na primeira mesa, Os Caminhos da Revisão de Provas, Jiro Takahashi, professor da Faculdade Paulista de Artes, Claudia Agnelli, analista de comunicação da EDUSP, e Thiago Mio Salla, docente do CJE, discutirão a história e os desafios do revisor, tendo em vista o mercado editorial dos dias de hoje. Na segunda mesa, A Organização do Trabalho no Mundo Editorial, o debate se volta para os modos de organização trabalhista do profissional do livro ao longo da história e na contemporaneidade, com a participação de Paulo Iumatti, professor do IEB e Takao Amano, advogado do Sindicato dos Empregados em Editoras de Livros de São Paulo e mediação do pesquisador Felipe Castilho de Lacerda. Por fim, a terceira mesa, Panorama das Artes Gráficas e da Tipografia, discute os procedimentos artísticos e técnicos relativos a tais áreas, abordando, ainda, a linguagem repleta de jargões, gírias e termos técnicos utilizados no dia a dia da produção editorial, com o ilustrador Gustavo Piqueira, o designer gráfico Márcio Freitas e o docente do CJE Plínio Martins Filho.

No dia 9 de novembro, o LAMUC promove um concerto do Grupo de Sopros do CMU, coordenado pelos professores Alexandre Ficarelli e Gil Jardim, a ocorrer na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, a partir de 12h30. No programa, Petite Symphonie, de Charles Gounod, Bachiana Brasileira nº5 e Kankikis, de Heitor Villa-Lobos e Concerto de Brandenburgo nº1, de Johann Sebastian Bach.

No dia 10, o concerto do LAMUC ocorre no Instituto de Biociências (IB), também a partir das 12h30. O programa conta com a Sonata para piano e violino op.137 n.1, de Franz Schubert, Tango, de Ronaldo Miranda e 2 Songs for Bass Trombone and Piano, de Robert A. Spillman.

Por fim, no dia 14 de novembro, a Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin recebe, a partir das 10h, uma masterclass com o cornettista Gustavo Gargiulo. O músico é colaborador dos grupos Capella Mediterranea e Elyma, na Suíça, Akademie für Alte Musik Berlin, na Alemanha, Clematis, na Bélgica e Akademia Barroca del Suquia, na Argentina, tendo tocado com estes e outros em diversos grupos.

Texto: Victória Martins
Foto de capa: Gustavo Gargiulo (YouTube)