Artistas do CAP expõem na Oficina Cultural Mário de Andrade

Dentre as diversas exposições que a Oficina Cultural Mário de Andrade recebe atualmente, fica em cartaz, até 28 de outubro, a mostra Disfarce, que reúne cinco artistas pertencentes à várias gerações do Departamento de Artes Plásticas (CAP): Flora Leite, João GG, Renato Pera, Rodrigo Arruda e Yuli Yamagata.

Canyon, 2017, de João GG. Foto: Jornal da USP

De acordo com Leandro Muniz, curador da exposição, a mostra está sendo pensada há um ano e pretende propor uma reflexão sobre cultura e arte em uma sociedade contemporânea cada vez mais mediada pela virtualidade, discutindo a experiência social pela qual passamos. “Dissimulação, camuflagem, mascaramento, tudo isso tem muito a ver com a vida que nós levamos hoje,” explica.

Jéssica, 2017, de Yuli Yamagata. Foto: Jornal da USP

Assim, os nove trabalhos em exposição, que passam por linguagens como arquitetura, pintura, escultura, vídeo e cartaz, dialogam com a ideia de semelhança entre “a representação e aquilo que é representado” e o disfarce entre o real e o sintético: Flora Leite, por exemplo, apresenta uma obra sobre o chão da Oficina Cultural Mário de Andrade, que imita madeira, enquanto Renato Pera leva, em seu Figura II, a discussão sobre projeto arquitetônico e o espaço concreto. “O que importa é o raciocínio empregado em uma técnica, não a linguagem em si,” comenta Leandro.

Figura II, de Renato Pera. Foto: Renato Pera

Segundo o curador, a mostra traz trabalhos enormes, com grande apelo visual e tátil e outros quase invisíveis. Essa variação na escala acaba por colocar o próprio espaço expositivo em cena, que passa a participar ativamente do conceito da mostra: logo, as próprias ideias de exposição e de lugar também são colocadas em debate. “É ainda uma discussão sobre aqueles trabalhos naquele lugar,” afirma.

Toldo, 2010, de Flora Leite. Foto: Jornal da USP

Sem título, 2013, de Rodrigo Arruda. Foto: Jornal da USP

Serviço

Mostra Disfarce

Data: até 28 de outubro

Horário: segunda a sexta-feira, das 9h às 20h30 e aos sábados, das 10h às 18h

Local: Oficina Cultural Mário de Andrade (Rua Três Rios, 363, Bom Retiro, São Paulo)

Texto: Victória Martins
Foto de capa: Jornal da USP