Celacc realiza pesquisa e oferece ciclo de formação gratuito sobre projetos culturais e desenvolvimento sustentável

Atividades são realizadas em parceria com o Centro de Pesquisa e Formação do Sesc e a Universidade do Minho, em Portugal

 

O Centro de Estudos Latino-Americanos sobre Cultura e Comunicação (CELACC) está participando do projeto Cultura e Desenvolvimento: Projetos Culturais e a Agenda 2030, que tem como objetivo mapear iniciativas culturais que atendam a diretrizes de desenvolvimento sustentável e oferecer formação para organizações e profissionais da cultura interessados na Agenda 2030. 

Assinada por diversos países em 2015, na sede da ONU, a Agenda 2030 é um compromisso para a promoção dos dezessete Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (ODS). Esses objetivos pretendem alcançar um crescimento econômico mundial sustentável e inclusivo, com prosperidade compartilhada e trabalho decente para todos.

O projeto Cultura e Desenvolvimento: Projetos Culturais e a Agenda 2030 é encabeçado pelo Observatório de Políticas de Comunicação e Cultura da Universidade do Minho, em Portugal, e tem como parceiro, além do Celacc, o Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo.

O primeiro ciclo do projeto consiste na coleta de dados sobre projetos de profissionais e organizações do setor cultural brasileiro e de países lusófonos e ibero-americanos que estejam alinhados com a Agenda 2030.

Com os dados recolhidos será possível a elaboração de dossiês temáticos sobre projetos culturais desenvolvidos à luz de cada um dos ODS, bem como a criação de um Mapa Virtual que possibilitará uma visão de conjunto da presença territorial dos projetos culturais em função dos ODS.

 

Cartaz divulgação pesquisa e oficinas Projetos Culturais e Agenda 2030

 

O segundo ciclo oferecerá uma formação a partir de oficinas online e gratuitas, buscando disseminar práticas de apropriação da Agenda 2030 por parte de profissionais e organizações públicas e privadas do setor cultural. Com início previsto para setembro de 2020, as oficinas terão dez encontros e envolverão discussões teórico-práticas a partir de autores e conceitos-chave do projeto; análise de documentos sobre a relação da cultura com a Agenda 2030; elaboração de propostas de projetos culturais em rede, com tutoria; e apresentação e discussão das ideias de projetos construídas nas oficinas.

Os interessados em participar da pesquisa e da seleção para as oficinas devem preencher a Ficha de Registro até o dia 31 de agosto e aguardar a convocação que acontecerá nas duas primeiras semanas de setembro.

O preenchimento do formulário pode ser feito por qualquer profissional ou organização cultural que queira participar da pesquisa, mesmo que não tenha interesse em integrar a oficina de capacitação.

Para mais informações, clique aqui