Concerto organizado pelo professor Gil Jardim é elogiado em crítica

Nos dias 16 e 17 de agosto, o professor Gil Jardim, do Departamento de Música (CMU), regeu o espetáculo multimídia Voos de Villa – Impressões Rápidas sobre Todo o Brasil, baseado na música de Heitor Villa-Lobos. Além do maestro, outros docentes do departamento – Alexandre Ficarelli, Donizetti Fonseca, Fabio Cury e Eliane Tokeshi – também participaram do concerto.

A apresentação feita no Auditório Ibirapuera foi recentemente reverenciada pelo jornalista e crítico musical José Marcos Coelho. Em matéria especial para o jornal O Estado de São Paulo, o autor escreve: 

Jamais os ruídos, ou melhor, as melodias maravilhosas do universo da floresta invadiram os ouvidos do público de modo tão impactante e atual, insisto. 

Esse é um espetáculo-manifesto. Manifesto em defesa da floresta. Manifesto em defesa da música de invenção. Manifesto que prova, a quem queira enxergar, que a música tem sim o poder de influir e contribuir para o debate das grandes questões do País.

No texto, o crítico ressalta a importância do trabalho de Gil Jardim ao resgatar as composições de Heitor Villa-Lobos, demonstrando a atualidade de sua obra. 


Professor Gil Jardim. Foto: Marcelo Macaue