Confira a participação da ECA na Feira USP e as Profissões

Tradicional evento de cultura e extensão teve primeira edição on-line; canal da ECA no Youtube teve cerca de 8 mil visualizações durante os dois dias de evento

 

“A Feira USP e as Profissões é um evento que faz parte do cotidiano da Universidade e desde 2006 conta com a participação de unidades de ensino e pesquisa com foco nos alunos do Ensino Médio, principalmente os de escola pública, e cursos preparatórios para o vestibular. O desafio é fazer uma feira on-line, com os olhos no futuro, e poder auxiliar os jovens estudantes em definir as carreiras que seguirão em suas trajetórias profissionais”. É assim que Francisco Paletta, professor do Departamento de Informação e Cultura (CBD) e presidente da Comissão de Cultura e Extensão (CCEX) descreve a edição deste ano da Feira USP e as Profissões. 

Um dos principais eventos de cultura e extensão da universidade, a feira – que recebeu 100 mil visitantes em 2019 – teve que adaptar toda sua programação para o formato on-line por causa da pandemia. Os 12 cursos da ECA (Artes Cênicas, Artes Visuais, Audiovisual, Biblioteconomia, Editoração,  Educomunicação, Jornalismo, Música, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas, Turismo e o curso técnico em Formação de Atores) foram apresentados aos estudantes por meio de diversos vídeos e lives veiculados nos dias 3 e 4 de setembro no portal da feira e no canal oficial da ECA no Youtube

A produção desse conteúdo envolveu muitas pessoas em todos os departamentos e na Escola de Arte Dramática (EAD). A professora Valéria Castro, do Departamento de Relações Públicas, Propaganda e Turismo (CRP), considera que foi um esforço realmente desafiador: "Tive que mobilizar alunos, docentes, funcionários e ex-alunos para a produção dos vídeos e demais materiais solicitados em meio a um período no qual todos estavam adaptando sua rotina ao ambiente virtual. Mas com a colaboração dos alunos e colegas [foi] possível manter a participação do curso neste evento tão importante para a Graduação da Universidade."
 
Para Eduardo Coutinho, docente do Departamento de Artes Cênicas, “o momento de pandemia nos fez aprender muito nas aulas e não foi diferente com relação à Feira USP e as Profissões. Criamos vídeos para nos apresentar para a comunidade que deseja prestar vestibular na USP. O perfil das(os) jovens interessadas(os) em ingressar na ECA, em especial nas Artes Cênicas, é muito interessado, gerando um ótimo contato."

 

Teaser sobre a participação da ECA na Feira USP e as Profissões. Realização: Assistência Técnica de Comunicação e Relações Institucionais (ATCRI)

 

Muitos braços, muitos números

A Comissão de Pesquisa (CPq) e a Comissão de Relações Internacionais (CRInt) também contribuíram para a programação com um bate-papo ao vivo sobre iniciação científica e uma apresentação sobre intercâmbio, respectivamente. Para transmitir as quase 50h de atividades, o canal da ECA contou com quatro transmissões simultâneas durante os dois dias de evento, realizadas pelos técnicos do Serviço de Tecnologia da Informação (SVTI) da Escola. A identidade visual foi elaborada pela Assistência de Comunicação e Relações Institucionais (ATCRI), que junto com a CCEX também fez a moderação das lives com os professores e dos chats no Youtube. Todo esse trabalho envolveu não só professores e funcionários, mas também estagiários ecanos e não-ecanos. 

O resultado foram cerca de 8 mil visualizações no Youtube. Embora o pico de visualizações tenha ocorrido durante a feira, o número de espectadores continuará a crescer, já que todos os vídeos permanecerão disponíveis. O evento também ajudou o canal da ECA, recentemente lançado, a aumentar em quase quatro vezes o seu número de inscritos. São ótimos dados, que mostram como o formato on-line pode ampliar o alcance da comunidade, apesar de possuir um maior grau de complexidade técnica. Os primeiros números divulgados pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão (PRCEU) também confirmam essa tendência: só no primeiro dia da feira foram contabilizadas mais de 260 mil visualizações no site oficial, considerando as páginas de todos os cursos da USP em todos os seu campi. 

Veterano da Feira USP e as Profissões, o professor Coutinho afirma que “nada substitui uma relação presencial”. No entanto, ele reconhece que a experiência de 2020 representou um avanço: “termos produzido este material em vídeo, um desejo antigo, foi muito bom, que agora poderemos aprimorar.” O docente acredita que é possível, no futuro, aproveitar o melhor dos dois formatos: o presencial e o on-line. 

Para acessar as 4 transmissões realizadas pela ECA, clique neste link. Saiba mais sobre a Feira USP e as Profissões deste ano aqui