projetos

Projetos de Pesquisa

(169 resultados) Download as CSV

Submission Dateordenar por iconoDocenteTítuloSúmulaLink ver
14/07/2011Cristian da Silva BorgesDos métodos gráficos a uma ciência da fuga como forma de análise do movimento no cinemaEste projeto de pesquisa propõe um estudo aprofundado do movimento no cinema – sua função, seu sentido, sua frequência, suas recorrências e variações etc. –, a fim de que se possam identificar algumas das modalidades desse movimento, em relação a certos parâmetros do que denomino Cinemática ou Ciência da Fuga. Trata-se da segunda etapa de uma pesquisa, iniciada em 2008, com bolsa de pós-doutorado da FAPESP e supervisão do prof. Ismail Xavier, na ECA-USP.ver
14/07/2011Brasilina PassarelliTelecentros BRGestão dos telecentros gerenciados pelo governo federal no território nacional no que tange à formação - presencial e a distancia - dos monitores/mediadores .O projeto contempla também a concepção e implementação do portal , de conteúdos digitais interativos, redes sociais e pesquisa com etnografia virtual a ser realizada com a comunidade de usuários.ver
14/07/2011Brasilina PassarelliProjeto EntreMeios - formação continuada com docentes em São BernardoEm parceria com a prefeitura de São Bernardo do Campo, o novo projeto entre o NAP Escola do Futuro/USP e Secretaria da Educação, promove a capacitação dos educadores da rede pública, visando a utilização dasTIC em sala de aula como recurso ao aprendizado e aprimoramento na qualidade de ensino. O projeto também se estabelece em torno da criação de uma Comunidade Virtual de Aprendizagem, constituindo-se como um organismo vivo que tornará possível a troca de experiências e informações entre os envolvidos no processo, bem como a participação em cursos online e a formação de uma rede cooperativa entre Institutos Municipais de Ensino. O convênio prevê a formação dos profissionais da educação - professores, coordenadores e orientadores pedagógicos e equipes gestoras para o uso pedagógico das mídias digitais e sua incorporação ao Projeto Político Pedagógico; o acompanhamento e formação dos profissionais que atuam nos laboratórios de informática das escolas monitores e pape - a fim de que desenvolvam um trabalho de apoio técnico aos professores e alunos e de parceria no planejamento e desenvolvimento das atividades realizadas com as Tecnologias da Informação e Comunicação; e a preparação de professores para a integração das TIC s ao currículo escolar assumindo o uso regular dos Laboratórios e Netbooks.ver
14/07/2011Brasilina PassarelliNexus - Da Informação ao Conhecimento. Portal dedicado a alunos da graduação do CBD/ECA/USP.Constitui portal web integrado a um banco de dados relacional que ancora os conteúdos programáticos das disciplinas Recursos Informacionais I e II e Orientação Bibliográfica pertencentes à graduação do Departamento de Biblioteconomia e Documentação da ECA/USP. O portal propicia aos alunos a publicação de trabalhos individuais e coletivos, em espaços dedicados bem como em Blogs individuais criados pelos alunos. Desta forma se estimula a autoria na Web e a alfabetização digital, através da utilização de recursos da Web.ver
14/07/2011Brasilina PassarelliObservatório da Cultura Digital - Linha de Pesquisa no NAP Escola do Futuro/USPO mundo das novas tecnologias de comunicação é marcado pela interatividade e pela colaboração, características que reconfiguram os modos de aprender e ensinar na contemporaneidade. A vida em rede trouxe inúmeras consequências para a produção cultural e para a educação, caracterizadas por hábitos de interação e pelo uso das ferramentas comunicativas, transformando não apenas as práticas educativas, mas também os métodos e técnicas de pesquisa em comunicação e educação. A cada ano, as pesquisas provenientes desses dois campos convergem para compreender o processo pelo qual alunos e professores vivenciam ações mais autônomas e ao mesmo tempo mais colaborativas por meio das mídias, e principalmente, por meio das redes sociais na internet. A atual prática da liberdade proveniente do acesso ao conhecimento disponível na rede propicia hábitos de compartilhamento de informações que superam divisões políticas e institucionais. Tais mudanças proporcionam a emergência de uma cultura mais crítica, dotada de maior capacidade de intervenção para além dos limites das instituições sociais e que exige dos alunos a capacidade de interpretar, avaliar e interagir com a informação de forma crítica. Assim, as novas preocupações a respeito da educação na contemporaneidade implicam, também, em investigar as formas e níveis de apropriação e uso das tecnologias. A trajetória do NAP Escola do Futuro/USP fundamenta-se, majoritariamente, na articulação entre programas de inclusão digital e pesquisas de caráter etnográfico destinadas a investigar comportamentos dos atores em rede , constituindo-se portanto, em lócus privilegiado para as pesquisas do Observatório da Cultura Digital, criado em 2008. Enquanto a primeira onda da Internet referia-se às ações direcionadas ao digital divide, que buscavam possibilitar o acesso à rede, a segunda onda (atual) resulta do fenômeno das redes sociais, deslocando o foco das pesquisas e projetos do NAP Escola do Futuro/USP para a questão das literacias emer.ver
14/07/2011Brasilina PassarelliPrograma de Inclusão Digital Acessa SP www.acessasaopaulo.com.br. Incentiva o protagonismo digital em comunidades carentes .Programa Acessa SP destinado a incentivar o protagonismo digital e a inclusão social de comunidades carentes . Desenvolvido em parceria com o Governo do Estado de São Paulo. Tem como principais atividades o gerenciamento de 620 infocentros localizados no estado de São Paulo; 50 milhões de usuários e 1200 monitres / mediadores dos infocentros. As atividades contemplam a arquitetura do portal e atualização das informações; a capacitação de monitores para os infocentros; cursos online; plebiscitos e surveys sobre assuntos de interesse das comunidades. Propiciao o desenvolvimento da cidadania e possibilita acesso às informações nas áreas de saúde, educação, negócios e serviços governamentais disponíveis na Internet. Detentor de vários prêmios de melhor projeto de inclusão digital.ver
14/07/2011Terezinha Fátima Tagé Dias FernandesProjeto de Pré-Iniciação Científica: Comunicação e linguagens do cotidiano nas mídias: a memória textual na vida urbana em diferentes épocas. (em andamento) Cadastrado no CNPqEste Projeto está integrado ao Projeto geral: "Enunciações do cotidiano: narrativas lineares e não-lineares em textos da comunicação eda cultura" e ao Grupo de Pesquisa: "Textos da Cultura em Mídias Diferenciadas". Tem como objetivo desenvolver, pela prática orientada, os diferentes procedimentos de leitura de diversos tipos de linguagens(verbais, visuais, sonoras) presentes nos textos e discursos das mídias(sentido amplo: livros, jornais, revistas, filmes, quadrinhos, pinturas, filmes, teledramas, teatro, músicas e outros).) contemporâneas impressas e eletrônicas de diferentes épocas. Esta capacitação tem por finalidade aperfeiçoar sensibilidades e despertar a atenção para a importância de saber selecionar informações e de organizar conhecimentos sobre traços significativos da vida urbana cotidiana contemporânea e de diferentes momentos históricos. O aprendizado de procedimentos do ato de ler o significado do plano simbólico da vida cotidiana, decifrando seus códigos e interpretando suas mensagens, permite o aperfeiçoamento da cidadania, do espírito crítico e da mente e pode ajudar no preparo humano de bons profissionais em diversas áreas de atuação na sociedade. Essa capacitação para o leitor contemporâneo também promove a compreensão e o conhecimento de traços do cotidiano da vida urbana que a transcendem e preservam a memória de nossa cultura. Os procedimentos de leitura integrada das formas de escrita verbal e visual são imprescindíveis entre estudantes de ensino médio e universitário em nossos dias, futuros profissionais e cidadãos. Da capacitação para estes procedimentos, dependem todos os objetos de ler nos meios impressos e digitais. A leitura linear dos textos verbais mescla-se à leitura em contiguidade dos textos visuais, das imagens nos jornais, revistas, livros, quadrinhos, filmes, ficção televisiva, teatro, mídias digitais e outros. A simples apreensão do conteúdo semântico não abrange a decifração da multiplicidade de sentidos gerados para uma leitura plena. Como decorrência, a compreensão dos fatos fica incompleta, causando interpretações ambíguas ou mutiladas sobre o que realmente acontece na vida social imediata.ver
14/07/2011Lisbeth Ruth Rebollo GoncalvesLugares e Modos Críticos da Arte Contemporânea nos MuseusConsiderando-se os princípios da Crítica de Arte legados pelo passado e suas transformações presentes, a pesquisa que propomos visa discutir a situação atual da Crítica de Arte Contemporânea, isto é, os lugares de manifestação e os modos de realização críticos, diante da ameaça de perda de função e de legitimidade da Crítica. Serão observados, especialmente, as exposições e ações nos Museus de Arte Contemporâneaver
14/07/2011Mitsuru Higuchi YanazeDESENVOLVIMENTO DE METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO E MENSURAÇÃO DO VALOR DA MARCA (TANGÍVEL E INTANGÍVEL ) A PARTIR DA CONTRIBUIÇÃO DA COMUNICAÇÃO NA FORMAÇÃO DOS PATRIMÔNIOS FINANCEIROS, SOCIAIS E DE MERCADO.O patrimônio do investidor de uma empresa pode variar, em conseqüência direta dos denominados Retornos Intangíveis, advindos das ações de marketing e comunicação, notadamente quando elas influem no posicionamento da empresa no mercado (tanto em termos de participação relativa, shares, quanto em termos de posicionamento geográfico ou potencial mercadológico). A resultante do conjunto de relacionamentos de uma instituição se traduz monetariamente pelo valor da marca e contabilmente deve ser expresso no ativo intangível das organizações, compondo a diferença entre o valor patrimonial das ações e o valor de mercado, ou seja, a diferença entre o valor concreto e o valor percebido. A promulgação da lei 11.638, em vigência desde 1º de janeiro de 2010, denominada “Lei do Valor Justo”, ora em fase de regulamentação pela CVM da Bolsa de Valores de São Paulo, prevê esta possibilidade de contabilização, sem a imediata incidência do Imposto sobre a Renda dos ativos intangíveis, cujo valor seja claramente demonstrável e auditável. Por exemplo, as aquisições da Kibon e da Lotus no mercado internacional, bem como a onda de aquisições de laboratórios farmacêuticos e indústrias de autopartes no mercado brasileiro, ocasionada pela disputa dos grandes conglomerados transnacionais na ocupação de mercados potenciais, provocou inúmeros negócios acima do valor patrimonial de empresas, como nos casos do Laboratório Moura Brasil, da Cofap e tantos outros. O lançamento das ações do Google na Bolsa de Valores de Nova York — mesmo incorporando ao valor patrimonial tangível importâncias atribuídas ao intangível, como potencial de mercado, entre outras — atingiu uma valorização imediata superior a 18% no primeiro dia, pois a percepção do valor intangível, por parte do mercado, foi ainda maior do que a esperada pela avaliação técnica. Da mesma maneira, o valor das ações do Wal-Mart e da Coca-Cola nas Bolsas de Valores superam, mais do que proporcionalmente, os valores conseguidos pelo Carrefour e pela PepsiCo, embora as diferenças entre os valores patrimoniais correspondentes não sejam tão grandes assim. Nesses casos, a liderança de mercado transmite uma sensação de segurança, que exerce sobre os investidores um fascínio não explicável numericamente, mas que pode ser compreendido como a resultante da soma do patrimônio financeiro com o patrimônio social e o patrimônio de mercado atingido pela organização (veja quadro abaixo). Pela mesma lógica, mas por outro lado, empresas que operam em ramos em que há risco de acidentes ecológicos, como a indústria do petróleo ou a indústria química, por exemplo, tendem a ter uma relação entre o valor de mercado e o valor patrimonial menos favorável, exigindo ações de comunicação de valorização da marca — o chamado branding —, procurando comunicar um diferencial em que se destaquem os aspectos de segurança e de preservação ambiental e que, ao longo do tempo, tendem a aumentar o preço das ações em bolsa. Tais ações de comunicação são passíveis de mensuração em seus resultados, por meio de pesquisas de imagem com os stakeholders e investidores, estabelecendo-se uma correlação direta entre os seus resultados e a cotação do valor de mercado das ações, ao longo dos anos., como resultante do esquema abaixo: O patrimônio financeiro, expresso nos balanços patrimoniais como Patrimônio Líquido, já é sobejamente estudado e sua fórmula de cálculo universalmente conhecida. Já o patrimônio social, que se refere ao valor social da empresa, é relatado nos assim chamados Balanços Sociais e vem sendo estudado mais recentemente, no entanto, para merecer este nome é necessário que seja respeitado o princípio das contra-partidas, ou seja, que não se exponha apenas as ações de valorização social – cuidados com o meio ambiente, treinamentos ministrados, salários pagos, etc.- mas também o que as organizações usufruem da sociedade. Exemplificando, se uma empresa paga salários na média do seu mercado ou faz compensações ambientais daquilo que depreda na natureza, será no máximo uma empresa cidadã, não podendo ser classificada como socialmente responsável. Para que assim se classifique, é necessário que vá além, ou seja, que pague acima da média ou mais do que compense o ambiente que depreda. O patrimônio de mercado refere-se à parcela do mercado na qual a empresa predomina. Por exemplo, quando da abertura do mercado farmacêutico brasileiro à concorrência internacional, as empresas que aqui vieram se instalar adquiriram os laboratórios nacionais por valores muito acima do seu patrimônio financeiro líquido, pois almejavam o acesso às estruturas de distribuição e vendas que s mesmos desenvolveram em todo o território nacional, o que levaria anos para ser confrontado e nisto residia o valor de sua marca, pouco tendo a haver com o valor de suas patentes ou de suas propriedades físicas, tais como prédios, máquinas etc. Para que as empresas possam beneficiar-se com a lei 11.638, que prevê a possibilidade de contabilização dos ativos intangíveis com diferimento do Imposto de Renda a pagar (só será devido quando da venda do mesmo) é necessário que a sistemática de cálculo da valoração dos seus patrimônios social e de mercado sejam passíveis de submissão às auditorias, ou seja, para que os ativos intangíveis venham a compor o patrimônio líquido, é necessário que se respeite o princípio das contra-partidas, calculando-se ativos e passivos sociais e de mercado, da mesma forma como se calcula entre as propriedades e direitos e as dívidas e obrigações tangíveis, diferentemente dos atuais balanços sociais, que só apresentam os assim chamados ativos sociais. Esta pesquisa tem como objetivo analisar, por meio de estudo de casos, como ocorrem as variações do valor de mercado de empresas que operam na Bovespa em decorrência da comunicação de fatos, positivos e negativos, relacionados às questões financeiras, socioambientais e mercadológicas. A partir das informações e constatações obtidas, desenvolver metodologias de avaliação e mensuração do valor da Marca levando em consideração as especificidades dos setores e as condições dinâmicas do ambiente de mercado. ver
14/07/2011Monica Baptista Sampaio TavaresArte-design: a produção de sentidoEste trabalho busca compreender a maneira como o receptor é afetado no consumo dos produtos culturais do contexto contemporâneo. A problemática em questão circunscreve o entendimento daquilo que está implicado (implícita e explicitamente)no processo de produção de sentido inerente ao ambiente das mídias digitais. O nosso objeto de investigação empírica são os trabalhos de arte e design produzidos a partir do uso das mídias digitais, privilegiando-se para análise o caso específico dos desenvolvidos por dispositivos móveis. O objetivo final da pesquisa é apreender como se desenvolvem e com base em que padrões e expectativas se conformam as experiências subjacentes à produção de sentido, inerentes aos objetos de estudo referidos. A relevância deste projeto surge na medida em que será possível identificar a estrutura de mediação simbólica da sociedade contemporânea, ao tempo que procurará examinar o fundamento estético da comunicação, intrínseco ao processo de compreensão hermenêutica mediado tecnologicamente. Pensar com base na aliança entre uma lógica-cultural e uma lógica estética nos permitirá estudar, por um lado, as condições e estruturas das práticas receptivas, e por outro, possibilitará detectar como as experiências se configuram frente e a partir das expectativas dos receptores.ver
14/07/2011Monica Baptista Sampaio TavaresOs modos de ver e a formação de identidades na era da estética digital: o caso dos ambientes virtuais interativosEsta pesquisa tem como objetivo final investigar as representações visuais da estética digital no intuito de identificar como as formações discursivas a elas inerentes podem vir a conformar o comportamento dos indivíduos, possibilitando a construção de novas formas de identidade. O objeto de estudo eleito são os ambientes virtuais interativos. Quanto aos objetivos intermediários, intenta-se alcançar: a) examinar como se dá histórico-culturalmente o aparecimento da chamada estética digital e que transformações são a ela inerentes; b) discriminar e organizar por similaridades de argumentação as principais referências teóricas de análise que justifiquem em que bases ideológicas podem se sustentar as estratégias de articulação entre codificação/decodificação; c) identificar os princípios que sustentam a arquitetura discursiva e os aparatos institucionais da estética digital; d) analisar representações visuais da estética digital (mais especificamente, os ambientes virtuais interativos), no intuito de discernir como suas configurações formais, seus contextos, suas retóricas e seus modos de significação reverberam as leis discursivas do ambiente tecno-cultural; e) identificar modos de comportamento e formas de identidade inerentes à cultura e à estética digitais. A relevância deste trabalho surge na medida em que nele se concebe a imagem como elemento influente e sedutor na construção das identidades. Ele não só circunscreve o problema de estudo à análise da imagem em si própria, mas também admite que os efeitos que dela decorrem estão vinculados às práticas sociais e aos específicos repertórios e contextos dos receptores. Ademais, a pesquisa irá também contribuir para o estudo das relações entre a comunicação, as artes e o design, pois tentará de maneira interdisciplinar estudar como a saturação da informação impõe a necessidade de novas formas. Projeto com Bolsa de Produtividade em Pesquisa do CNPQ (2010-2013). Projeto com apoio do Edital MCT/CNPq/MEC/CAPES 02/2010.ver
14/07/2011Norma Tenenholz GrinbergDesenvolvimento de massas cerâmicas com características visuais diversas para utilização em trabalhos artisticosEsta pesquisa tem por objetivo desenvolver massas cerâmicas próprias para uso artístico, que apresentam algumas características desejáveis no que se refere à aparência visual eliminando a necessidade de posterior esmaltação. Tais massas apresentam uma identidade por si só e podem também ser utilizadas em arquitetura e na construção civil. Existe uma carência no campo das massas cerâmicas voltadas para uma utilização artística. Pela influência da tradição vinda do Oriente e da Europa, a prática da cerâmica artística no Brasil é caracterizada pela obsessão em aprimoramentos na tecnologia de cobrir a superfície com esmaltes vítreos, com o propósito de colorir, decorar ou tornar próprio um utilitário para uso de mesa e/ou revestimento. Os artistas apreciam o barro pela sua plasticidade e capacidade de ser modelado, por apreender cada gesto dado, mas quando se trata da cerâmica, é considerado um mero suporte estrutural, sendo relegado a um segundo plano quanto aos aspectos estéticos, não sendo explorado todo o seu potencial expressivo na elaboração de uma obra. Vê-se então a necessidade em desenvolver massas cerâmicas que tenham validade para serem usadas por elas mesmas, como uma mídia de expressão artística. O projeto foi contemplado em 2006 com verba para a fase inicial da pesquisa que inclui a aquisição de equipamento que será posteriormente doado ao Departamento de Artes Plásticas. O grupo foi batizado como Grupo Terra e conta com cinco pesquisadores, além de um bolsista da graduação da ECA/USP.ver
14/07/2011Mayra Rodrigues GomesEstudos de Linguagem e Práticas Midiáticas - A Ferramenta Wiki e a Produção HipertextualPesquisa aplicada às aulas ministradas na graduação que consiste no oferecimento de ambiente para a produção colaborativa e hipertextual. Compreende a criação de site Wiki, para que os alunos desenvolvam seus trabalhos, junto à disciplina “Ciências da linguagem: fundamentos das práticas midiáticas I e II”. A ferramenta wiki, um software livre, impele à composição em hiperlink e, assim, estimula a pesquisa dos conceitos teóricos, vistos em classe, em espaços diversificados. Além disso, temos sido testemunhas do entusiasmo dos alunos com a possibilidade de agregar imagem e texto, com a possibilidade de extravasar criatividade e de compartilhar informação com os colegas envolvidos na mesma proposta wiki. Esta pesquisa teve apoio do CNPq para aquisição de instrumentos técnicos ligados à atividade didática.ver
14/07/2011Mayra Rodrigues GomesCiências da Linguagem: estudo das práticas midiáticasA terminologia ciências da linguagem tem sido empregada pelas mais diversas linhas de pensamento e designa estudos que levam em conta as condições e implicações, para a espécie humana, da assunção da linguagem. A realização de tais estudos encontra sua possibilidade no cruzamento dos achados da antropologia, das ciências cognitivas, da filosofia, da lingüística, da lógica, da psicanálise, da semiótica etc. Ocorre que, para o vasto campo da comunicação e das mídias, e para o abrangente campo do jornalismo em particular, é justamente este tipo de estudo que promove uma compreensão melhor do poder das palavras, de seus efeitos e da responsabilidade de que se reveste quem assume a produção de discursos.ver
14/07/2011Marilia Pacheco FiorilloCrença e preconceito: os vieses da midia brasileira na cobertura de temas religiososEsta pesquisa pretende contribuir para a crítica da imprensa brasileira. O intuito é mapear como uma parcela da mídia brasileira, a mais influente, tem respondido recentemente à explosiva relevância das religiões e da religiosidade nos cenários político, cultural e comportamental. Analisaremos em que medida a escolha dos temas e episódios (pauta), o seu enfoque (edição), e os artifícios de linguagem nos textos podem refletir preconceitos e partidarismos, e os disseminar para a opinião pública. Faremos um levantamento minucioso (diário e semanal) de quatro importantes veículos, os jornais O Globo, O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e a revista Veja, por um período de sete meses, e em seguida a tabulação e análise comparativa dos dados, a partir dos seguintes eixos: a) se há ou não um tratamento privilegiado, e em que termos, para diferentes confissões como catolicismo, protestantismo (evangélicos e neo-pentecostais), judaísmo e islamismo; b) quais os critérios e as pré-concepções que norteiam a seleção e edição dos temas; c) qual a abordagem específica dos tópicos de maior incidência e atualidade, como o avanço do neo-fundamentalismo, religião e conflagrações políticas, religião e pertinência social e d)em que medida o discurso sobre as religiões e a religiosidade, nestas publicações, embute e propaga, explícita ou implicitamente,alinhamentos favoráveis ou desfavoráveis, cujo efeito é o de uma "pregação" informal, porém persuasiva.. ver
14/07/2011Marilia Pacheco FiorilloQuestões de identidade, genero e cultura na midia brasileiraA globalização, tão vigorosa , invasiva e disseminada na cultura e comunicação como na economia, tem trazido um acirramento da dicotomia local X global, geral X particular, universal X multicultural. Torna-se, pois, cada vez mais urgente a necessidade de equacionar teoricamente certas questões colocadas por esta difusa ambivalência que conta, de um lado, com a crescente e acelerada dissolução dos valores particulares ( de gênero, raça, etnia, cabedal cultural, religião), engolfados pela dissipação das fronteiras comunicativas, e por outro, pela acentuação agressiva dos universos particularistas, pela recuperação de valores tradicionais e tipificados , muitas vezes regressivos(de gênero, raça, religião, etc.). Apenas para efeito de ilustração, uma recente enquete da prestigiosa e tradicional publicação Prospect , revista norte-americana pró-européia de centro-esquerda, fez um levantamento entre os mais notáveis intelectuais contemporâneos e apontou uma tendência inequívoca como tema central do debate intelectual do século XXI: a maioria dos consultados ( fazem parte dela Noam Chomsky, Umberto Eco, Richard Dawkins, Wallerstein e outros) frisou que o dilema futuro seria o do contraste entre cosmopolitismo e patriotismo , liberalismo e comunitarismo, questões domésticas e mundiais, minorias e maiorias, nacionalismo e internacionalismo, pendências locais e inserção mundial, enfim, o grande tema que galvanizou esta consulta entre intelectuais foi o do confronto entre local X global , particular X universal , em claro contraste com o que eles afirmavam ter sido o tema de predileção século XX, o do socialismo X capitalismo . Nesta medida, em nossa sondagem quanto ao tratamento dado pela mídia brasileira ( de forma difusa) sobre o dilema particular X universal, minoria X maioria , pretendemos contribuir participando deste debate mais amplo, exatamente ao nos determos na análise da propagação desta ambivalência na cobertura das questõesver
14/07/2011Mario Rodrigues Videira JuniorPráticas interpretativas e métodos de ensino para piano (1750-1840): uma abordagem histórica e estética (Fase 1 - Do Clavicórdio ao Pianoforte)Partindo da análise de alguns tratados e métodos para o ensino do piano publicados entre 1750-1840 sobretudo dos textos de autores como C. P. E. Bach, Marpurg, Türk, Clementi e Czerny o presente projeto de pesquisa tem por objetivo investigar as práticas interpretativas vigentes nesse período, assim como o modo pelo qual a mesma se articula com o pensamento estético da época. Por fim, pretende-se realizar uma tradução anotada e comentada de trechos escolhidos dos tratados desses três últimos autores (ainda não disponíveis em língua portuguesa), de forma a contribuir também para os atuais debates em torno das chamadas interpretações historicamente orientadas.ver
14/07/2011Ricardo Alexino FerreiraEtnomidialogia: método do livro-reportagem-multimidiático-memória no resgate de histórias biográficas de indivíduos pertencentes a grupos sócio-acêntricosA diversidade étnico-cultural é um tema relevante e fonte de conflitos na contemporaneidade. Os grupos sócio-acêntricos, chamados em outros momentos históricos de grupos minoritários ou minorizados, quase sempre apresentam visibilidade negativa ou neutra e sem referências de produções significativas para os desenvolvimentos social, cultural, econômico e científico, dentre outros. Esse pensamento não corresponde à realidade considerando que são muitos os indivíduos de segmentos sócio-acêntricos que contribuíram significativamente para o desenvolvimento da humanidade. Tal invisibilidade por parte da história oficial (que valoriza muitas vezes o eurocentrismo; a heteronormatividade; o sexismo e outras formulações sectárias) sequer menciona os indivíduos de segmentos sócio-acêntricos ou quando o fazem o descolam de sua condição. A pesquisa proposta visa fazer o resgate biográfico de indivíduos pertencentes aos segmentos sócio-acêntricos e as suas contribuições. Para isso, utilizará o método do livro-reportagem-multimidiático-memória no resgate de histórias biográficas de indivíduos sócio-acêntricos. Essas entrevistas biográficas constituirão uma enciclopédia que irá reunir diferentes nomes de cientistas, artistas, esportistas, escritores, intelectuais, jornalistas, dentre outros, pertencentes aos segmentos sócio-acêntricos. Com isso, espera-se que a enciclopédia possa trazer visibilidade aos indivíduos sócio-acêntricos e a explicitação de sua condição e produções relevantes para a sociedade, desestimulando assim o preconceito em vigor que indivíduos sócio acêntricos não desenvolvem obras relevantes. Esta pesquisa tem auxílio da FAPESP.ver
14/07/2011Ricardo Alexino FerreiraPrograma de Apoio aos Novos Docentes da USPTrata-se de Programa da Pró-Reitoria de Pesquisa da USP, voltado para os pesquisadores (novos docentes) para garantir o fortalecimento da pesquisa na USP, tanto em quantidade como em qualidade. A pesquisa que recebeu esse recurso tem como título/tema "Etnomidialogia: método do livro-reportagem-multimidiático-memória no resgate de histórias biográficas de indivíduos pertencentes a grupos sócio-acêntricos.", financiada pela Fapesp. Conforme veiculado no site (http://www.usp.br/prp/novo/?pagina=novosdocentes), o Programa de Apoio aos Novos Docentes, da Pró-Reitoria de Pesquisa da USP, tem como finalidade oferecer aos recém-contratados, que apresentarem o protocolo de submissão à FAPESP de um pedido de auxílio à pesquisa ou projeto especial, uma contrapartida da universidade no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais). Os recursos poderão ser utilizados para compra de material permanente, consumo, pagamento de serviços de terceiros, diárias e passagens, do interessado ou de seus alunos de pós-graduação ou de iniciação científica. A referida pesquisa foi aprovada pela Fapesp.ver
14/07/2011Susana Cecilia Almeida Igayara de SouzaCadernos de Repertório Coral ComunicantusEditoração eletrônica de obras estreadas pelos coros do Comunicantus: Laboratório Coral do CMU-ECA-USP. O projeto tem por objetivo normatizar a editoração do material estreado pelos coros do Comunicantus, principalmente a produção discente. Volta-se para novas obras corais e arranjos produzidos na atividade laboratorial, que foram escritos e reescritos a partir da atividade prática, das discussões na disciplina Práticas Multidisciplinares em Canto Coral e da supervisão dos professores responsáveis pela Disciplina. Um dos objetivos do projeto de pesquisa é discutir as práticas de leitura e escrita musicais e demonstrar a especificidade da escrita coral. ver
14/07/2011Terezinha Fátima Tagé Dias FernandesComunicação e linguagens da vida urbana em discursos e em textos verbais e não-verbais em diferentes épocas e formatos midiáticosPesquisa da produção de sentido de mensagens das mídias(sentido amplo) comunicadas em linguagens( sistemas sígnicos) de mediações(Jesús Martin-Barbero) sociais contemporâneas ou precursoras. Por este motivo, desenvolveu o estudo de textos e discursos verbais e não-verbais (jornalísticos, literários, radiofônicos, dramatúrgicos, televisivos, digitais, sonoros, visuais) da atualidade ou os que construiram e registraram a memória e historicidade em produtos culturais no cotidiano e na vida urbana de diferentes épocas e espaços semióticos (foram pesquisadas reportagens pontuais em jornais diários, textos de escritores -jornalistas, como Lima Barreto, Jorge Andrade, Zulmira Ribeiro Tavares, entre outros ) Todos voltados para marcas de referência de seu tempo/ espaço e semiosfera. O projeto partiu do princípio segundo o qual a Comunicação também é uma capacidade humana de criar e organizar linguagens e diferentes sistemas de signos integrados que se manifestam em múltiplas esferas das atividades sociais para compreensão dos sentidos da própria vida em movimento. Justificou-se como estudo da construção de mensagens midiáticas diferenciadas, muito além dos conteúdos e dos suportes, porque elas geraram, transmitiram, descobriram e apreenderam os sentidos da vida social. Consideramos como Texto a noção de Iúri Lotman, segundo o qual: "um texto pode ser considerado como todo conjunto de signos passível de leitura".ver
14/07/2011Terezinha Fátima Tagé Dias FernandesEnunciações do cotidiano: narrativas lineares e não-lineares em textos da comunicação e da culturaO projeto proposto está legitimado entre as atividades que se instauram no campo da Comunicação considerada também como uma capacidade de criar e organizar linguagens e diferentes sistemas de signos integrados que se manifestam em múltiplas esferas das atividades sociais para manifestar a consciência da própria vida em movimento. Desse modo, estes estudos ampliam-se e cumprem os objetivos de gerar, transmitir, descobrir e compreender os sentidos das mensagens em seus elementos constitutivos. Desenvolvem-se do ponto de vista de suas incorporações sígnicas nas mediações e diferentes meios tradicionais ou diferenciados, muito além de seus conteúdos e da simples informação sobre seus suportes (segundo Martin-Barbero). O objetivo principal é o de analisar, compreender e reconstituir em procedimentos de leitura lineares e não-lineares as pluralidades de vozes ecoadas e enunciadas em múltiplas linguagens para compreender situações e acontecimentos que se configuram em textos da cultura (segundo Lotman). Serão recortadas as marcas nelas reiteradas nos discursos de diferentes gêneros(segundo Bakhtin) predominantes e exemplares em textos midiáticos contemporâneos ou precursores selecionados para comunicar o sentido do cotidiano da vida social.ver
14/07/2011Samira Youssef CampedelliOriginais ReprovadosOriginais Reprovados é uma revista produzida por alunos do curso de Editoração da ECA a partir de textos literários produzidos por alunos de diferentes unidades da USP. As crônicas, contos, poemas e quadrinhos são submetidos por seus autores à seleção de uma comissão editorial. O projeto visa a incentivar a produção literária na comunidade universitária, bem como divulgá-la dentro e fora da USP, além de promover a leitura e a redação como formas de cultura e lazer.ver
14/07/2011Roseli Aparecida Figaro PaulinoO perfil do jornalista e os discursos sobre o jornalismo. Um estudo das mudanças no mundo do trabalho do jornalista em S Paulo.Esta pesquisa realiza levantamento sobre o perfil dos jornalistas profissionais no Estado de S.Paulo, e o ponto de vista do profissional sobre o seu trabalho. Os dados sobre o perfil e as falas dos jornalistas profissionais serão confrontados com os discursos (das empresas de comunicação, da mídia em geral e da academia) sobre o jornalismo e o futuro da profissão. Estima-se ser bastante urgente o estudo aprofundado sobre as mudanças que vêm ocorrendo na área do jornalismo e que este estudo deva ser realizado a partir do binômio comunicação e trabalho, o qual mobiliza o ponto de vista da atividade humana (ergológica) para entender as práticas profissionais no contexto da fusão de mídias e de relações de trabalho cada vez mais precárias. Espera-se obter como resultado um mapa do perfil do profissional de jornalismo e o ponto de vista deste profissional sobre seu trabalho, para que se possa entender qual o compromisso dele com o direito à informação, bem como poder traçar caminhos mais profícuos para a sua formação universitária. ver
14/07/2011Rosana de Lima SoaresA ferramenta Wiki: uma experiência pedagógicaAs novas tecnologias associadas à Internet trouxeram uma abertura de possibilidades para as produções artísticas e do mundo empresarial em geral. Neste trabalho, analisamos a adoção da ferramenta wiki em sala de aula tendo em vista tal abertura em relação à produção textual. O wiki nos permite questionar os parâmetros da linearidade do texto ao apresentar uma estrutura ramificada e, ainda, investigar a problemática da autoria, se supomos que uma de suas principais características é a autoria coletiva, princípio que define sua função. Assim, através da inovação apresentada na estrutura de edição textual, propomos uma investigação sobre seus efeitos em sala de aula, concentrando-nos especificamente em disciplinas da graduação em jornalismo. A cada semestre, são produzidos trabalhos de escrita textual online em sites criados para cada uma das disciplinas envolvidas no projeto.ver
14/07/2011Rosana de Lima SoaresDiscursos midiáticos e Cultura audiovisualO projeto tem como objetivo realizar estudos relativos à cultura audiovisual e suas manifestações nas mídias contemporâneas. Tomando como referência as teorias constituintes dos estudos de linguagem, o tema abrange as narrativas audiovisuais em suas diversas formas (televisivas, cinematográficas, digitais) a fim de analisar de que modo esses discursos controem imaginários culturais. As tensões entre realidade e encenação da realidade, referencialidade e ficcionalidade, verdade e fantasia são tomadas como eixos articuladores do projeto. Além destes, os processos de convergências das mídias e hibridismos de gêneros, tomados em seu aspecto intertextual, articulam as reflexões propostas. O projeto prevê as seguintes linhas de atuação: discursos cinematográficos (cinema ficcional, cinema documentário contemporâneo, cinema de bordas brasileiro), discursos televisivos (telejornalismo, teledramaturgia, ficção seriada), discursos sincréticos (narrativas online, narrativas sonoras, narrativas visuais).ver
14/07/2011Roseli Aparecida Figaro PaulinoCensura, Mídias e Teatro Amador: antropofagias e mestiçagens.Propomo-nos a estudar a censura à produção teatral do circuito alternativo e popular de cultura na cidade de São Paulo entre 1930 e 1970. O foco principal da pesquisa é a censura à produção teatral de grupos amadores e o cerceamento das camadas populares ao acesso aos bens culturais. O estudo tem como eixo norteador as relações de sociabilidade, multiculturalismo e mestiçagens propiciadas pelas práticas culturais desses grupos de amadores teatrais (muitos deles formados por imigrantes) em diálogo com a indústria cultural e com as políticas culturais do Estado. É uma proposta vinculada ao projeto Temático Comunicação e Censura (Fapesp, 2009-2012) e dá continuidade às pesquisas anteriores do Projeto temático: A cena paulista: um estudo da produção cultural de São Paulo, a partir do Arquivo Miroel Silveira (AMS) da ECA USP. A metodologia utilizada envolve pesquisa bibliográfica e de acervos, entrevistas e análise documental. A pesquisa já produziu resultados publicados em dois livros:"Na cena paulista, o teatro amador.Circuito alternativo e popular de cultura (1927-1945)"; e " Teatro, Comunicação e Sociabilidade. Uma análise da censura ao teatro amador em São Paulo (1946-1970)”.ver
14/07/2011Luciana Sayure ShimabucoCorrelações e articulações entre escritura e performance: uma investigação sobre os Estudos para Piano de György LigetiO presente projeto propõe investigar as relações de reciprocidade entre escritura e performance em obras selecionadas, a saber: os Estudos para Piano de György Ligeti. Para tanto, pretende, inicialmente, fundamentar a correlação entre escritura e performance, enfatizando o fato de que ambas são instâncias musicais intimamente imbricadas, que possuem relevâncias equivalentes e não hierarquizadas e que se condicionam mutuamente. A partir disso, e acatando os Estudos de Ligeti como objeto de estudo, reconhecerá aspectos que testemunham esse vínculo, por meio de duas indagações: (1) Como fatores de performance sub-determinam a escritu ra (2) Como a escritura e a notação sub-determinam a performance. A primeira indagação será abordada por meio de estratégias tais como o estudo do pensamento composicional de Ligeti em busca de testemunhos da consideração de fatores de performance em seu processo composicional, o reconhecimento de aspectos musicais fundamentalmente performativos que estimularam a composição destas peças e a comparação entre partituras manuscritas e suas respectivas partituras impressas, na busca pelo reconhecimento de adequações realizadas pelo compositor e destinadas a promover maior efetividade na performance. A segunda indagação observará as partituras com vistas a suas implicações de performance enquanto promotoras não de resultados unívocos e rigorosamente pré-determinados, mas sim de múltiplas soluções. Para tanto, serão efetuados o estudo técnico-pianístico destas obras - com o reconhecimento de aspectos como ambigu idades notacionais e complexidades técnico-instrumentais -, desenvolvimento de estratégias de aprendizagem e preparo das performances e a observação de diversas gravações que oferecem diferentes resultados para uma mesma prescrição notacional.ver
14/07/2011Marilda Lopes Ginez de LaraAbordagens sobre a linguagem nos estudos de Organização e Representação do ConhecimentoDescrição Pesquisas reunidas sob o título de Knowledge Organization – KO reúnem propostas que têm um núcleo razoavelmente comum, mas não necessariamente consensual quanto aos princípios epistemológicos, teorias e proposições metodológicas. Este é o caso das referências aos estudos da linguagem que, além de serem raros, utilizam enfoques diferentes entre si. Este é o contexto da pesquisa que, embora se concentre em período limitado, poderá contribuir para identificar o estado da arte dos estudos sobre a linguagem na Organização da Informação e do Conhecimento, colocando em relevo princípios de origem, tendências, investimentos, lacunas e metodologias. Objetivos: O objetivo principal desta pesquisa é o de identificar como as principais tendências dos estudos de Organização e Representação do Conhecimento – ORC, enfrentam as questões da linguagem, considerando-se a produção bibliográfica brasileira e a produção internacional (incluindo, se possível, a literatura latino-americana), no período compreendido entre 1999 a 2009. Como objetivos subsidiários, pretendemos identificar: a) fundamentos, princípios, pontos de partida, grau de vinculação com a produção clássica da Documentação; b) conceito de informação subjacente; c) conceito de linguagem e tratamento da questão no interior do subcampo da Organização e Representação do Conhecimento; d)metodologias propostas; e) tipologia de produtos concretos sugeridos, desde que pertinentes; f) correlações entre as propostas, semelhanças, diferenças; g) bibliografia principal utilizada. Fundamentação teórica: Parte-se dos pressupostos da Linguística Documentária que consideram que as operações documentário-informacionais se desenvolvem no universo da linguagem, colocando a mediação como uma das atividades principais da Ciência da Informação. Essa perspectiva se apóia nos desenvolvimentos da Linguística contemporânea – Linguística Textual, Análise do Discurso, teorias da enunciação – e procura dialogar com a Filosofia da Linguagem. Orienta-se por um conceito de informação como construção que se organiza na dependência da inserção do sujeito em contextos socioculturais, recusando visões mentalistas. Admite-se que mais importante do que procurar pelo significado do conceito de informação, trata-se de verificar que, no âmbito documentário-informacional ela é, anteriormente, oferta de sentido, tornando-se informação por uma operação de seleção fundada em referências de comunidades discursivas (Capurro, Luhmann). Frente ao campo não articulado de teorias e métodos que caracteriza a ORC, busca-se identificar como a importância atribuída à linguagem se reflete nas propostas de mediação em especial via linguagens documentárias. Metodologia A metodologia a ser utilizada se apóia nos pressupostos teóricos acima apontados. Do ponto de vista do método, a pesquisa compreende: levantamento bibliográfico (período 1999 a 2009) em bases relacionadas à CI; seleção de corpus de análise (temas, termos indexadores, resumo, se houver, bibliografia); análise (autores e partidos epistemológicos, conceito de informação e de linguagem adotados, metodologias propostas etc); sistematização (quadro de tendências, relações entre autore e propostas; bibliografia principal).ver
14/07/2011Marco Francesco ButireclipseInstalação retomando "eclipse" de 2007, em duas salas: uma escura , outra iluminada. Inclui mesas de bar usadas gravadas, luminoso em neon azul com a palavra dú-vida piscando alternadamente, fotografias apresentadas em tela de computador. Poderá ainda ser reapresentada.ver
14/07/2011Marco Francesco Butiir, passar, ficar Este projeto está em desenvolvimento. O trabalho ir, passar, ficar iniciou em algum momento do 2º semestre de 1992. Em 1996 passou a incorporar também fotografias, em 1997 surgiu o título. Não tem data prevista nem desejo de conclusão. Não se seguem metodologias, não existe divisão entre fazer e pensar, nem entre projeto e execução. O ritmo é irregular, intercalado com outros projetos. ir são gravuras em metal e fotografias a cores baseadas na reação do olhar ao lugar onde me encontro; passar são fotos de minha autoria gravadas em chapas de ferro livremente oxidadas; ficar são gravuras em metal a partir dos desenhos formados pela luz nos espaços interiores de minha casa. Como todos os outros projetos, seria melhor representado por imagens.ver
14/07/2011Marco Francesco ButiProjeto de pesquisa - HUTentativa de exposição permanente de trabalhos artísticos de alunos do cap nas dependências do HU. Desativado em função das dificuldades de interpretação por parte de alguns funcionários do hospital.ver
14/07/2011Marco Francesco ButibrevêAsas de aeromodelo em madeira balsa com imagensver
14/07/2011Luiz Guilherme de Carvalho AntunesO Futuro da Escola: uso de ferramentas de comunidades online para ensino à distância e inclusão digitalAs tecnologias digitais não são antagônicas ao magistério. Muito pelo contrário, elas podem finalmente libertar o professor da tarefa inglória de transmitir informação. Boa parte da atividade didática hoje em dia consiste em repetir conceitos para novos alunos. Mesmo que pesquise e inove, o professor não pode deixar de fundamentar o que diz. Quando o aluno finalmente está a par do tema e pronto para sua discussão, o curso acaba e o professor não tem a oportunidade de compartilhar sua experiência, se tornando um mero repetidor de conceitos. Não é de se espantar que, à medida que aumenta a experiência em sala de aula, o interesse diminui. Não deveria ser assim. Em vez de tentar combater o uso da Internet e de seus serviços – processo provavelmente frustrante, contraproducente e, em última instancia, prejudicial ao aluno – o professor deve agir como os profissionais experientes e os sábios das comunidades antigas e permitir a seus alunos que tragam as informações, enquanto se empenham em lhes transmitir critério. Nesse cenário, a abundância de conteúdo disponível na Internet pode se tornar um grande auxiliar. Mas para isso é necessário compreender as ferramentas colaborativas em vez de combatê-las. Se seu uso for adequado, o aluno empenhará parte de seu tempo fora da sala de aula a pesquisar conceitos e gerar conteúdo, disponibilizando o resultado de suas pesquisas para a discussão com os colegas e avaliação criteriosa de seu professor. Esses resultados ficam disponíveis para a análise de outras turmas e para a educação remota. A cada ano, mais material é agregado ao conjunto de conteúdo, o que faz com que a aula se torne cada vez menos expositiva e mais debatida, portanto mais interessante para professores e alunos ao longo do tempo. Minha pesquisa busca a identificação e divulgação de ferramentas de software livre e código aberto que possam ser usadas para o desenvolvimento de projetos de inclusão digital e ensino à distância com baixo custo, fácil aprendizado e grande abrangência. ver
14/07/2011Lucilene CuryAtalhos para a Inclusão Digital O Projeto foi finalizado e seu objetivo era o de encontrar bases iniciais para o trabalho do Grupo Cibernética Pedagógicaver
14/07/2011Lucilene CuryCibernética Pedagógica – Laboratório de Linguagens Digitais – LLD. Responsável: Profa. Dra. Lucilene Cury – Líder do Grupo.No âmbito das interfaces que se estabelecem entre a educação, a ciência, a cultura e a comunicação, sob o signo da sociedade do conhecimento, que enfatiza uma maior interdependência entre elas, este projeto de pesquisa (que tem a marca do universo digital) foi iniciado em 2008 para disponibilizar, de maneira aberta, o conteúdo das disciplinas que compõem as habilitações do curso de Comunicação da Escola de Comunicações e Artes da USP, continuou em desenvolvimento durante o ano de 2010 e propõe-se a continuar pelos anos de 2011 e 2012, para elaboração de um site/portal que apresente, de maneira científico acadêmica, os trabalhos do Grupo de Pesquisa do CCA/ECA/USP - Cibernética Pedagógica – Laboratório de Linguagens Digitais – LLD. Objeto e perspectiva teórica: a base do estudo é o conhecimento na sociedade do conhecimento, ou seja, como ele se configura no momento atual, tanto do ponto de vista da sua gênese, quanto da sua acessibilidade. Em pauta figuram o pensamento complexo, a globalização, os saberes locais e a educação científica, de maneira prioritária. Metodologia utilizada: inicialmente foram escolhidas as Universidades (nacionais e internacionais) que serviram de amostra para a coleta de dados nos seus respectivos sites. Em seguida foram realizadas a análise e a interpretação dos dados obtidos para elaboração do design gráfico do site/portal. Foram selecionados os conteúdos e organizado o material, para ser o primeiro trabalho apresentado no PORTLAB, coordenado pelo Laboratório de Linguagens Digitais – LLD – e deverá ser ampliado, no que diz respeito às atividades de pesquisa do Grupo. Prepara-se uma apresentação com design gráfico e especificidades visuais que atendam aos critérios de usabilidade disponíveis, incluindo testes de laboratório em parceria com o CPqD (Campinas), etapa atual do Projeto, sob responsabilidade da Mestranda e Pesquisadora do grupo Edilaine Heleodoro Félix. Uma vez pronto e colocado na WEB pela ECA, sua atualização contínua deverá ser feita pelo Mestrando e Pesquisador do Grupo: Douglas Gregório Miguel, durante seu trabalho no Laboratório. Ao mesmo tempo, programa-se a etapa de verificação dos resultados sobre a compreensão e satisfação com o Portal por parte dos usuários, com a colaboração da Pesquisadora Lígia Capobianco, participante do Grupo (Mestre). O objetivo geral da pesquisa sobre o Portal do Laboratório de Linguagens Digitais LLD (PORTLAB) é levantar dados que permitam ampliar a interatividade/interação que venham a ser geradas pelo Portal, de acordo com o modelo conceitual utilizado para a elaboração do mesmo. Os objetivos específicos são: Demonstrar os processos de interação e interatividades presenciais e virtuais; Indicar ações para otimizar o portal e facilitar sua navegação; Garantir que as pessoas encontrem as informações facilmente, pesquisem e explorem seu conhecimento. Justifica-se essa investigação pela possibilidade de demonstrar como ocorre a apropriação do conhecimento por meio dos recursos das novas tecnologias. As informações obtidas pela pesquisa visam aumentar a interação/interatividade do portal, atender às solicitações dos visitantes e apresentar ideias para que o portal seja uma fonte importante de conhecimento. Serão pesquisados dados sobre: A página inicial: quantidade de acessos (numéricos) Leitura das seções (links, artigos, notícias) Utilização das informações Recursos x Quantidade de pessoas atendidas Facilidade de localização de conteúdos •Padronização visual Outros recursos solicitados pelos visitantes do portal. Resultados esperados: Os primeiros resultados já foram apresentados em Relatórios realizados pelo bolsista Bhakta Krpa das Santos para a Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da Universidade de São Paulo, bem como em Congresso Internacional de Comunicação, Media e Cognição, em Braga -Portugal (publicado em julho de 2010). Durante o Seminário de Pesquisa realizado na Escola de Comunicações e Artes da USP CRP – I Pró-Pesq. foi feita a exposição dos trabalhos desenvolvido pelo Grupo de Pesquisa CNPq – Cibernética Pedagógica - Laboratório de Linguagens Digitais LLD e foi possível apresentar dados sobre o projeto em desenvolvimento, no que diz respeito à coleta e organização dos dados que compõem o conteúdo do site, juntamente com aluno Luiz Roberto de Almeida, bolsista do projeto (Aprender com Cultura e Extensão). Foi publicado em dezembro de 2010, em formato e-book. Espera-se para este ano de 2011 a finalização da Dissertação de Mestrado da Pós-Graduanda Edilaine Heleodoro Félix, que apresentará o site/portal do Grupo de Pesquisa CNPq – Cibernética Pedagógica – LLD. Com o intuito de publicar os trabalhos de Pesquisa e Extensão do Grupo, o Portal estará em contínua manutenção, de forma a interagir com outros pesquisadores e tornar o conhecimento acessível a todos os interessados, num processo de conhecimento coletivo, base do trabalho proposto. A participação dos usuários é de grande importância e interesse para a pesquisa em desenvolvimento, no sentido de estudar o aspecto cognitivo do Sujeito em relação ao mundo digital, o que levará a uma pesquisa de recepção sobre o portal, que alimentará suas sucessivas atualizações. ver
14/07/2011Lucilene CuryO Conhecimento Científico: da Universidade para a Sociedade O Projeto teve por objetivo fazer a divulgação da pesquisa científica realizada na FMV da USP, envolvendo alimentos e enfatizou sua importância para a sociedade. ver
14/07/2011Margarida Maria Krohling KunschAs dimensões humana, instrumental e estratégica da comunicação organizacional: um estudo teórico aplicado.Com a nova geopolítica fomentada pelos fenômenos da globalização e da revolução tecnológica da informação e da comunicação, as organizações têm de enfrentar um novo cenário mundial, dominado por uma economia marcada por uma competição sem precedentes. Consequentemente, a sua comunicação deve assumir novas formas, deixando de ser uma função meramente técnica para ser eminentemente estratégica. Com o projeto, pretende-se contribuir para o avanço do campo científico e aplicado da comunicação organizacional no Brasil. O propósito é pensá-la dentro de uma perspectiva mais holística, enfocando-a em três dimensões: a humana, a instrumental e a estratégica. Trata-se de um projeto inovador e inédito, pela temática e pela metodologia a ser seguida. Com base na literatura nacional e internacional de comunicação organizacional foi feita uma criteriosa revisão do material indexado. Também foram analisados os enfoques predominantes do pensamento norte-americano, europeu e latino-americano sobre a comunicação organizacional. ver
14/07/2011Margarida Maria Krohling KunschPolíticas e estratégias de comunicação na gestão da sustentabilidade nas organizações públicas e privadas.O tema da sustentabilidade tem sido debatido exaustivamente ao redor do mundo e a necessidade da cooperação por parte de todas as organizações da sociedade civil nas esferas política, econômica e social é consenso nessas discussões. Diante da pressão social, as organizações tem incorporado a questão da sustentabilidade ao seu discurso. São ações que impactam diretamente na imagem da empresa e no seu negócio, mas que muitas vezes não chegam a fazer parte dos objetivos estratégicos e nem do dia-a-dia da organização, configurando um quadro de ações puramente mercadológicas. Se por um lado a comunicação é imprescindível para a disseminação dos valores, princípios e práticas sustentáveis, também se faz necessário verificar como seus gestores têm se preparado para essa prática e, como a própria organização enxerga a comunicação para a sustentabilidade, para além do foco promocional e publicitário. Por fim, neste projeto objetiva-se realizar o levantamento e indexação da produção bibliográfica voltada para a temática da comunicação organizacional e a gestão da sustentabilidade nas organizações, destacando as contribuições mais significativas para o objeto de estudo em questão e, ao fim do estudo, levar à publicação os resultados alcançados.ver
14/07/2011Maria Immacolata Vassallo de LopesTelenovela brasileira: transmidiação e internacionalizaçãoO presente projeto pretende trabalhar com dois objetos de estudo. O primeiro é continuar desenvolvendo o projeto Obitel Internacional e consolidar seu protocolo teórico e metodológico. Esse trabalho já resultou na publicação de cinco livros: quatro Anuários Obitel 2007, 2008, 2009 e 2010 e do livro Ficção televisiva no Brasil: temas e perspectivas. O segundo objeto é uma temática que resulta das investigações que vimos realizando ao longo desta década e que agora passa a focar os traços específicos da telenovela brasileira, implicando a revisão da identidade nacional no cenário globalizado, na linha de Anderson, Appadurai , Bhabha, Bauman, Barker, e outros. Dentre os aspectos que têm diferenciado o Brasil dentro do conjunto dos países do Obitel, talvez o principal seja o fato de a telenovela brasileira, ao longo de seus quase 50 anos de encontro diário com o público, ter se tornado uma narrativa da nação. Essa perspectiva de análise permite compreender a construção discursivo-cultural do país como “comunidade imaginada” ensejada pela telenovela. Os resultados dos estudos empreendidos nos projetos anteriormente mencionados, reforçam essa perspectiva de trabalho e apontam transformações nos pólos da produção e do consumo das ficções televisivas no Brasil e da sua internacionalização. Essas transformações decorrem de uma sedimentação multimidiática e multiplataforma que pode ser percebida nos programas de ficção televisiva produzidos pelas redes de televisão brasileiras. Para os propósitos da presente pesquisa, tomaremos como objeto empírico os processos de convergência e de transmidiação na ficção televisiva produzida pela TVGlobo e a correspondente interação de seu público. Queremos examinar as novas configurações da interação dialética entre os processos de produção e de recepção que emergem da convergência e das narrativas ficcionais transmidiáticas (transmedia storytelling) da TV Globo. ver

Seminário de Metodologia e Desenvolvimento de Projetos de Pesquisa da ECA

11/08/2011 14:00
11/08/2011 17:00

Em 11 de agosto de 2011, a Comissão de Pesquisa da ECA USP realizará seminário para orientar e auxiliar alunos e professores interessados no desenvolvimento de Projetos de Pesquisa para as agências de fomento. O seminário será coordenado pela Profª Drª Maria Cristina Castilho Costa e contará com apoio da Mestre Jacqueline Pithan no Auditório Lupe Cotrim que se localiza no Prédio Central da Escola, no 1º andar.

Projetos

Formulário de Projetos de Pesquisa

Formulário de cadastro de Projetos de Pesquisa.

ATENÇÃO!

Projetos Individuais

São projetos de pesquisa desenvolvidos pelos docentes da USP, como parte integrante de seu contrato de trabalho com a Universidade. Caso o docente tenha interesse, seu projeto pode ser subsidiado por uma Agência de Fomento por meio do financiamento de material permanente, material de consumo, viagens no Brasil e ao exterior, pagamento de bolsas e outros tipos de apoio.

Alunos de Pré-IC 2011

Professor Responsável: Maria Cristina Castilho Costa
Projeto: Comunicação e Censura - o que pensa a população sobre a censura
Alunos: Claudia Otho Ribeiro, Juliana Maria Matias Pinto, Luan Sales Gomes
Professor Supervisor: Rosa de Lima

 

Alunos de Pré-IC 2009

Professor Responsável: Dennis de Oliveira
Projeto: Reflexões e práticas do jornalismo comunitário e popular
Alunos: Bárbara Soares Neto; Kelvin dos Santos Valentin; Mariáh Rosa da Cruz
Professor Supervisor: Roque Jeferson Martins

 

Projetos desenvolvidos na Biblioteca

 
Preservação de Acervos Documentais, Memórias e Monumentos

Título: Preservação das Obras Raras doadas por Francisco Matarazzo Sobrinho à USP acervo da Biblioteca da ECA

Universidade e as profissões

Você, que é estudante do Ensino Médio ou de cursinhos preparatórios para o vestibular, tem agora uma grande chance de conhecer as carreiras e os cursos da Universidade de São Paulo e decidir melhor sobre seu futuro. O Projeto " A Universidade e as Profissões" oferece a você palestras e visitas monitoradas a laboratórios de pesquisa e outras dependências da USP.

Saiba mais