Coreógrafo Wagner Schwartz dá entrevista para o "Diversidade em Ciência"

29/09/2018 14:00
29/09/2018 15:00

No dia 29 de setembro, às 14h, vai ao ar na Rádio USP a próxima edição do Diversidade em Ciência, apresentado pelo professor Ricardo Alexino Ferreira, do Departamento de Jornalismo e Editoração (CJE), uma entrevista com o performer e coreógrafo Wagner Schwartz sobre o papel da arte nas questões contemporâneas e a violência contra La Bête, obra de sua autoria, por parte do extremo conservadorismo.

O entrevistado falará sobre como a arte se insere nos contextos atuais, tendo em base seus principais trabalhos. Além disso, será abordado o assunto polêmico sobre sua performance no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) chamada La Bête inspirada em Lygia Clark e sua obra Bichos, em que o artista ficava nu com a possibilidade dos espectadores interagirem com ele. Um vídeo da filha da coreógrafa, Elisabeth Finger, interagindo com Wagner acompanhada por sua mãe viralizou nas redes sociais recebendo críticas, ameaças de morte e acusações de pedofilia por pessoas ultraconservadoras.

O performer recebeu apoio de artistas, universidades, do MAM e a denúncia de pedofilia do Movimento Brasil Livre (MBL) ao Ministério Público foi arquivada, considerando que foi uma expressão artística.

Diversidade em Ciência é um programa da Rádio USP de divulgação científica sobre ciências das diversidades e direitos humanos, vai ao ar toda segunda-feira, às 13h, com reapresentações às terças-feiras, às duas horas da manhã e aos sábados, às 14h. É dirigido e apresentado pelo jornalista e professor da USP, Ricardo Alexino Ferreira e a edição de áudio é feita por João Carlos Megale.

A Rádio USP-FM pode ser sintonizada em 93,7 MHz/SP.


Wagner Schwartz dá entrevista para Rádio USP no programa Diversidade em Ciência. Foto: Ricardo Alexino Ferreira