"Diversidade em ciência" debate o roubo de sombra, depressão e suicídio de indígenas na Amazônia

02/02/2019 14:00
02/02/2019 15:00

Renan Albuquerque Rodrigues, professor adjunto do Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) é o próximo convidado do programa Diversidade em Ciência, da Rádio USP. Ele conversa com o professor Ricardo Alexino Ferreira, do Departamento de Jornalismo e Editoração (CJE), sobre culturas indígenas e os impactos psicossociais sofridos por esses povos em decorrência do racismo. Falará também sobre os quilombos negros amazônicos, ainda pouco estudados pelos pesquisadores. A entrevista vai ao ar neste sábado, dia 2 de fevereiro, às 14h, na Rádio USP.

"Indígenas e quilombolas são dois grupos excluídos e que sofrem violência no ambiente amazônico", afirma a pesquisador. Renan Albuquerque tem doutorado em Sociedade e Cultura na Amazônia, é professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia e lidera o Núcleo de Estudos e Pesquisas em Ambientes Amazônicos, da UFAM.

Diversidade em Ciência é um programa de divulgação científica, diversidade e direitos humanos, gravado nos estúdios do Departamento de Comunicações e Artes (CCA). O programa vai ao ar toda segunda-feira, às 13h, com reapresentações às terças-feiras, às 2h, e aos sábados, às 14h. A direção e apresentação é de Ricardo Alexino Ferreira, com operação de áudio de João Carlos Megale.

A Rádio USP-FM pode ser sintonizada em 93,7 MHz/SP ou pela internet


Renan Albuquerque Rodrigues, professor da UFAM. Foto: Ricardo Alexino Ferreira