Do privado ao político: o cinema autobiográfico

19/11/2014 14:00

Na próxima quarta, 19 de novembro, às 14h, acontece o sétimo seminário de pesquisa de 2014, parte integrante das atividades do Grupo de Pesquisa CNPq “História e Audiovisual: circularidades e formas de comunicação”, coordenado pelos professores Eduardo Morettin, do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR), e Marcos Napolitano, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH).

O tema  Do privado ao político: O cinema autobiográfico face à ditadura militar no Brasil será exposto pela pós-doutora pela Unicamp, Ilana Feldman. A apresentação pretende investigar certos modos políticos de enunciação e subjetivação, aqui postos em cena pelos documentários autobiográfico  “Os dias com ele” (2013), de Maria Clara Escobar, e “Diários de uma busca”, de Flávia Castro (2011). Nessas obras realizadas pela segunda geração de exilados e presos políticos, em que estão em jogo duas formas distintas de busca pela figura paterna, a infância, o fracasso e até a disputa pelo filme que está sendo feito não apenas coexistem como fazem a passagem da identidade à alteridade, do pai ao país, do privado ao político.

Neste ano, os seminários estão dedicados às relações entre cinema, televisão e história a partir dos documentários brasileiros que se ocuparam do período do regime militar (1964 – 1985). A palestra será transmitida pelo IPTV em http://iptv.usp.br/portal/home.action

Também é possível consultar as últimas atividades em www.historiaeaudiovisual.weebly.com e no facebook do grupo.

 

Serviço

Data: 19 de novembro 
Hora: 
14h
Local: 
Auditório A -Departamento de Cinema, Rádio e TV