Educação transnacional e democracia são temas de palestra

27/10/2017 14:00
27/10/2017 17:00

O grupo de pesquisa Jornalismo, Direito e Liberdade promove no dia 27 de outubro, às 14h, a palestra Transnational Democratic Education, com Julian Culp, membro do projeto Leibniz Transnational Justice e pesquisador associado do Departamento de Ciência Política da Goethe University, de Frankfurt. O evento acontece no Auditório Freitas Nobre, do Departamento de Jornalismo e Editoração (CJE).

Culp apresenta os principais tópicos de seu mais recente livro e atual tema de pesquisa sobre educação transnacional e democracia. Com base numa compreensão discursivo-teórica de justiça, o livro argumenta que devido ao atual processo de transnacionalização, as políticas públicas educacionais deveriam dar suporte para a realização de acordos democráticos transnacionais ao invés de meramente domésticos. Culp articula e defende uma concepção universal de autonomia democrática como fim moral fundamental de políticas públicas educacionais e argumenta que, em condições de transnacionalização, a autonomia democrática não pode ser suficientemente realizada somente dentro dos Estados. Em vez disso, alcançar a autonomia democrática requer a democratização dos acordos políticos também além dos Estados. Sugere, assim, um "modelo transnacional de educação democrática" que objetiva de cultivar tanto um ethos democrático doméstico quanto transnacional.

Julian Culp é PhD em Filosofia pela Goethe University e realizou seus estudos de pós-doutorado no Centro de Ética da Universidade de Toronto e na cadeira de Economia e Ética Social da Universidade de Louvain. Suas áreas de pesquisa incluem justiça transnacional, deliberação democrática, desenvolvimento humano e democracia na educação. Também é autor do livro Global Justice and Development (2014) e um dos editores do periódico Global Justice: Theory, Practice, Rhetoric.

Serviço:
Data: 27 de outubro
Horário: 14h às 17h
Local: Auditório Freitas Nobre – CJE (Prédio 2)