Exibição e análise do filme "Serras da desordem"

21/09/2015 18:00

Acontece segunda-feira (21/9), no Auditório B do CTR, a análise do filme Serras da desordem, de Andrea Tonacci. O evento terá a participação de Anderson Gonçalves, Clara Ramos, Cesar Zamberlan e como mediador Rubens Machado Jr. A exibição do filme sera às 18 horas e o debate começará às 20h20.

Serras da desordem (2006), filme de Andrea Tonacci, pode ser encarado como uma reflexão sobre os últimos trinta anos da história do Brasil. Nele se mostra como o projeto nacional de desenvolvimento se transformou em algo outro, ou mesmo não foi o que se pretendeu. Esse processo é acompanhado, se não apresentado, por meio da trajetória de Carapiru, um índio Awa Guajá, que de 1978 a 1988 perambulou da Amazônia maranhense ao sertão da Bahia, onde viveu junto a uma comunidade rural.

A atividade é do Grupo de Pesquisa do CNPq  História da Experimentação no Cinema e na Crítica
 

                                            

Serviço

Data: 21/9
Horário: 18h
Local: Auditório B do CTR