Exposição “Morada do Coração Perdido” tem professor da ECA como curador

23/05/2015 11:00

A exposição permanente Morada do coração perdido, com curadoria do professor  Carlos Augusto Calil, do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR),  e ex-secretário de cultura da cidade de São Paulo, será inaugurada no dia 23 de maio, às 11 horas. A exposição ocupa quatro salas do prédio, que passou por um processo de conservação para abrigar a exposição que contempla e reconhece um dos maiores escritores brasileiros de todos os tempos, no ano em que se completam 70 anos de sua morte.

O nome antes usado, Oficina da Palavra Casa Mário de Andrade, foi modificado para Oficina Cultural Casa Mário de Andrade. “Saí desta morada que se chama O Coração Perdido e de repente não existi mais”, escreveu Mário de Andrade em uma crônica de 1931.

Serviço

Data: 23/5
Horário: 11h
Local: Rua Lopes Chaves, 546, Barra Funda – a um quarteirão do Minhocão e próximo ao Metrô Marechal Deodoro