Grupo de CTR promove debate sobre Paulo Emílio e cultura cinematográfica

10/06/2019 18:30
10/06/2019 20:00

No dia 10 de junho, o grupo de História da experimentação no cinema e na crítica (HECC) realiza um cine debate no Centro MariAntônia, para discutir o trabalho do crítico Paulo Emílio e sua influência na cultura cinematográfica brasileira.

Com exposição de Rafael Zanatto, comentário de Francisco Alambert Jr, debate com Rubens Machado Jr, mediação de Felipe Moraes e relato crítico de Victor Vigneron, o evento propõe falar sobre como o crítico e historiador de cinema Paulo Emílio foi capaz de criar uma regra geral para análise cinematográfica. A proposta é mostrar extratos de filmes e ver como Paulo Emílio trabalhou com os eles.  

Ao demarcar o conceito de cultura ou história cinematográfica, o intelectual o empregou na organização de mostras, na redação de ensaios, livros e na concepção de cursos de cinema, que em conjunto dimensionam sua contribuição para o cinema brasileiro em sua formação, seu público, a crítica, os produtores e as pesquisas históricas no cenário nacional. 

Para saber mais sobre os debates organizados pelo HECC, acesse o site.

Foto: Lygia Fagundes Telles/Reprodução

Serviço:
Cine debate: Paulo Emílio e a Cultura Cinematográfica: crítica e história na formação do cinema brasileiro
Data: 10 de junho
Horário: 18h30
Local. Sala Carlos Reichenbach, Edifício Rui Barbosa, 1º andar - Centro Universitário MariAntonia (Rua Maria Antonia, 258/294, Vila Buarque