"Não diga que me ama, me abrace de vez em quando"

22/06/2015 21:00
24/06/2015 21:00

Nos dias 22, 23 e 24 de junho, às 21 horas, acontece a apresentação Não diga que me ama, me abrace de vez em quando. O espetáculo, que é um exercício cênico resultado de processo de trabalho desenvolvido com os alunos da Turma 66 (3º Termo), tem orientação de Silvana Garcia e será apresentado no Teatro Laboratório ECA.

Estarão em cena fragmentos de cinco peças que constituíram o objeto de estudos do semestre, cinco textos teatralmente potentes, cada qual desafiador à sua maneira: Além do Horizonte, de Eugene O´Neill; O zoológico de vidro, de Tennessee Williams; Frozen , de Bryony Lavery; Polaróides explícitas, de Mark Havenhill, e Music Hall, de Jean-Luc Lagarce.

A composição dos fragmentos que deu corpo ao espetáculo revelou que, entre textos tão distintos, de épocas e países tão distantes entre si, há muitos mais elos e reverberações que a princípio poder-se-ia supor. O título do espetáculo, que também o sintetiza, é uma tradução livre dos primeiros versos de canção do repertório de Josephine Baker, tema da peça Music Hall.

A apresentação é gratuita e a bilheteria abre uma hora antes do espetáculo. A entrada é permitida a partir das 20h30 para acompanhamento do processo de aquecimento e preparação da cena.

 

FICHA TÉCNICA

Direção geral: Silvana Garcia
Assistência de direção: Lúcia Kakazu
Preparação corporal e coreografias: Ana Maria Andrade Miranda
Preparação de canto: Carmina Pinheiro de Souza (Carmina Juarez)
Operação de luz e som: Denilson Marques e Mário de Castro
Cenotécnicos – Nilton Ruiz Dias e Zito Rodrigues
Cenografia e Adereços – Paulo Basílio
Produção Executiva e bilheteria – Bertha S. Heller

Serviço

Data: de 22/6 a 24/6

Horário: 21h

Local: Teatro Laboratório ECA – Sala Miroel Silveira (180 lugares). Rua da Reitoria, 215