Pesquisadora da ECA lança livro Branquitude e Televisão: a nova África (?) na TV pública

08/11/2018 19:00

O livro Branquitude e Televisão: a nova África (?) na TV pública, escrito por Richard Santos, professor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), e colaborado por Rosane Borges, que fez o prefácio, será lançado dia 8 de novembro, às 19h, no Auditório B do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR).

A obra tem o propósito de contribuir para a análise social dos fluxos e refluxos culturais nas relações do Brasil com a África, desenvolvendo a diversidade do pensamento complexo crítico. Questiona também os estudos acadêmicos sobre a temática que não se comunicam com as reais comunidades envolvidas, apagando o que ele chama de “Maioria Minorizada”, e que essas minorias são uma voz, e não um objeto de estudo.

O princípio da obra, para Richard Santos, “é se alinhar aos estudos fundadores, analíticos da história social do negro brasileiro e explorar no século XXI o processo de constituição da identidade mediada”. No conteúdo do livro, ele analisa o programa Nova África exibido na TV Brasil, no qual ele atuou como repórter e apresentador, dissertando sobre a política na época.

Rosane Santos, pesquisadora colaboradora do grupo de pesquisa Estética e Vanguarda da ECA e do núcleo de estudos COLABOR, como escritora do prefácio, diz que a obra revisa como a comunicação e a televisão representam as questões raciais e a pluralidade cultural, e que é essencial para o momento contemporâneo. A expectativa do lançamento do livro é receber o público tanto interno quanto externo da ECA, pesquisadores e interessados no assunto. Ela será a mediadora do evento, que promoverá debate sobre os assuntos do livro.

Richard Santos e Rosane Borges

Editora Gramma

Serviço
Lançamento do livro Branquitude e Televisão: a nova África (?) na TV pública
Data: 8 de novembro
Horário: 19h
Local: Auditório B - Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR) - (Prédio 4)