Primeira defesa de doutorado em "Performance musical em regência coral"

17/04/2018 17:00
17/04/2018 20:00

A primeira tese de doutorado na área de Performance Musical em Regência Coral será defendida no dia 17 de abril, às 17h, na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin. O trabalho é de Fred Teixeira e foi orientado pelo professor Marco Antonio da Silva Ramos, do Departamento de Música (CMU).

O objeto central de Fred foi a relação entre escrita musical e interpretação. Ele buscou compreender qual é o limite do intérprete em uma obra musical. Para o trabalho, o pesquisador usou a obra coral do compositor Osvaldo Lacerda, premiado como melhor compositor do ano em 1962, pela Associação de Críticos no Rio de Janeiro, e nos anos de 1970, 1975, 1978, 1981, 1986 e 1994, pela Associação Paulista de Críticos de Arte.

O momento inicial da defesa contará com a apresentação do Coro de Câmara Comunicantus, na qual Fred atuará como regente. No programa estão obras de Osvaldo Lacerda como Automação, Romaria e A primeira missa e o papagaio, além de obras sacras de Franz Liszt, compositor húngaro, e  de Charles Villiers Stanford, compositor irlandês.


Sob orientação do professor Marco Antonio da Silva Ramos (ao fundo), Fred Teixeira defende tese de doutorado desenvolvida a partir da obra de Osvaldo Lacerda. Foto: Divulgação/Comunicantus

Serviço:
Defesa de doutorado de Fred Teixeira
Titulo: Performance da obra coral de Osvaldo Lacerda: rigor de escrita e o espaço do intérprete
Orientador: Marco Antonio da Silva Ramos
Programa: PPGMUS
Nível Doutorado
Data: 17 de abril
Horário: 17h
Local: Sala Villa-Lobos - Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (Rua da Biblioteca, s/n, Cidade Universitária)