Suicídio e luto são abordados no próximo Diversidade em Ciência

14/04/2018 14:00
14/04/2018 15:00

No próximo dia 14 de abril, às 14h, Ricardo Alexino Ferreira, docente do Departamento de Jornalismo e Editoração (CJE), entrevista a psicóloga e suicidologista Karina Okajima Fukumitsu. Ela irá falar sobre a temática do suicídio e do luto no programa Diversidade em Ciência, da Rádio USP.

O principal questionamento que a psicóloga faz durante a entrevista é: “Quem mata quem quando o suicídio ocorre?”, mencionando o processo do luto. Ainda nessa temática, Karina abordará a posvenção, que é o cuidado com aqueles que estão em processo de luto por conta de pessoas que tiraram a própria vida. Chamando a atenção para a importância de não usar o termo “o suicida” devido o seu caráter pejorativo, indicando a denominação “pessoa que se mata”, como forma de respeito ao indivíduo que passou por essa situação.


A pós-doutora, Karina Okajima Fukumitsu, é a entrevistada da próxima edição do programa Diversidade em Ciência, discorrendo sobre o luto e o suicídio. Foto: Ricardo Alexino Ferreira

O termo suicidologia integra uma área multidisciplinar de estudos sobre o suicídio e as suas múltiplas consequências, cunhado pelo psicólogo clínico estadunidense Edwin Shneidman. Ele compõe a base teórica da pesquisa realizada pela psicóloga, bem como a Gestalt-terapia, que é um dos campos da fenomenologia e da psicoterapia.

Karina é doutora e pós-doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano do Instituto de Psicologia da USP. É autora dos títulos A vida não é do jeito que a gente quer; Suicídio e Gestalt-terapia, Suicídio e luto: histórias de filhos sobreviventes e Perdas no desenvolvimento humano: um estudo fenomenológico, publicados pela editora Publish & Print.

Diversidade em Ciência é um programa de divulgação científica, voltado para as ciências da diversidade e direitos humanos, e vai ao ar toda segunda-feira, às 13h, com reapresentações nas terças-feiras, às 2h, e aos sábados, às 14h, com direção e apresentação do professor Ricardo Ferreira e edição de áudio de João Carlos Megale.

Rádio USP pode ser sintonizada em 93,7 MHz/SP.