Histórico

Criado pelo Prof. Dr. Osvaldo Sangiorgi, o Grupo de Cibernética Pedagógica surgiu para desenvolver estudos avançados e pesquisas nas interfaces da cibernética e da educação, com ênfase nos problemas de natureza pedagógica, e também realizar experimentos com multimídia, realidade virtual e robótica.

Egresso do campo numeral, no qual mostrou em linhas retas, curvas e ângulos a sua sabedoria, o Dr. Sangiorgi veio ministrar na Escola de Comunicação e Artes (ECA) as disciplinas Teoria da Informação e Cibernética Pedagógica em 1969. Metido em seu avental azul, pontual com o conhecimento, moveu-se à vontade em seu outro elemento, o vocabular, tecendo lições e ensinamentos com a sua verve humanista.

Vendo sempre além, Sangiorgi enxergava lá adiante para onde ia a informática e deu logo os primeiros passos para a instalação do Núcleo de Informática da ECA, o NICA em 1987. Era só o começo. Porque, lá foi ele, um novo fiat lux, iluminar outros caminhos com a criação do Grupo de Pesquisa Cibernética Pedagógica.

Suas ideias são trabalhadas até hoje pelo grupo, recentemente renomeado - Cibernética Pedagógica: Laboratório de Linguagens Digitais -, certificado pelo CNPq desde 2004.