Visita Institucional - Beijing Film Academy

25/05/2015 15:00

No dia 25 de maio de 2015 o Departamento de Cinema, Rádio e Televisão, representado por sua chefe Profa. Maria Dora G. Mourão, e a Escola de Comunicações e Artes, representada por sua diretora Profa. Margarida Maria Krohling Kunsch, receberão uma comitiva composta por cinco membros da diretoria da BEIJING FILM ACADEMY(BFA, 北京电影学院) para visita oficial e assinatura de convênio internacional. A comitiva é composta pelo Chefe do Conselho da BFA, Prof. Hou Guangming, pela diretora da Escola Internacional da BFA, Profa. Sun Xin, e pelos professores Huang Yingxia, Liu Jun e Li Ran.

O convênio entre a BEIJING FILM ACADEMY(BFA) e a ESCOLA DE COMUNICAÇÕES E ARTES DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO representa uma iniciativa pioneira do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão em promover um intercâmbio com a República Popular da China. O contato com a BFA se deu, primeiramente, através da Profa. Maria Dora G. Mourão que, como presidente da CILECT (Centre International de Liaison des Ecoles de Cinéma et de Télévision), vem mantendo contatos frequentes com a escola de Pequim pelo menos desde 2010. A coordenação do convênio ficará a cargo da Profa. Cecília Antakly de Mello, pesquisadora de cinema chinês com financiamento da FAPESP e Visiting Research Fellow da BFA em 2013.

Seria difícil exagerar a importância da Beijing Film Academy para a história do cinema chinês, e a centralidade da instituição na China contemporânea. Trata-se da mais antiga escola de cinema do país, tendo sido fundada logo após a Revolução Comunista de 1949. A chamada “Quinta Geração” do cinema chinês, capitaneada por Zhang Yimou, Chen Kaige e Tian Zhuangzhuang, consistiu principalmente da primeira turma a se formar na BFA após sua reabertura ao fim da Revolução Cultural (fim dos anos 1970). Já nos anos 1990/2000 diretores como Jia Zhangke, Lou Ye, Wang Xiaoshuai e Zhang Yuan emergiram dos bancos da BFA para propor um novo modo de fazer cinema, que se pretendia mais colado à realidade dos centros urbanos do país.

A BFA oferece cursos de graduação e pós-graduação nas mais diversas áreas do ensino do Audiovisual, incluindo direção, direção para documentário, roteiro, montagem, fotografia, som, animação, direção de arte, produção, direção de atores, teoria e história do audiovisual. Possui diversos laboratórios e estúdios de produção de cinema, localizados em seu campus em Haidian, distrito universitário de Beijing. Nesse campus há também alojamentos para seus mais de 2500 estudantes chineses e cerca de 100 estudantes estrangeiros. Atualmente está em construção um segundo campus que contará com novas instalações, prédios, laboratórios e estúdios, programado para entrar em funcionamento em 2016.

No dia 25 de maio a comitiva visitará o campus da USP pela manhã. Em seguida, será recepcionada no CTR para um tour do departamento, seguido de almoço com professores deste departamento. Na parte da tarde participará da cerimônia de assinatura do Convênio Internacional com a Profa. Margarida Maria Krohling Kunsch.  A visita se encerrará com uma palestra do Prof. Hou Guangming sobre as novas tendências educacionais da Beijing Film Academy, seguida de exibição de alguns curtas-metragens realizados por alunos da escola. Essa atividade será realizada entre às 16h e às 18h no Auditório A do prédio do CTR.