ECA é polo de estudos em publicidade e consumo

Na última semana aconteceu o IX Pró-Pesq PP (Encontro Nacional de Pesquisadores em Publicidade e Propaganda) na ECA. De acordo com a organização do evento, houve 243 inscrições no que é considerado o mais importante evento científico de pesquisa em publicidade e consumo.


O IX Pró-Pesq PP aconteceu nos dias 23, 24 e 25 de maio

A primeira edição do Pró-Pesq foi em 2010 e contou com o apoio da FAPESP e da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da USP. O sucesso do evento de dois dias houve 170 participantes e 73 trabalhos publicados em um e-book – mostrou a potência da área.

Em 2013, o IV Pró-Pesq PP conseguiu o financiamento da CAPES, da FAPESP e da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP. No ano seguinte, dos 40 pesquisadores participantes, 12 eram do estado de São Paulo. E, dos 99 pós graduandos e profissionais participantes, 29 eram de São Paulo, o que ajudou a ECA a ganhar espaço no cenário brasileiro da pesquisa, principalmente, em publicidade e consumo.

Ainda hoje, em sua nona edição, a professora Clotilde Perez, do Departamento de Relações Públicas, Propaganda e Turismo (CRP), afirma que a USP é vanguarda na área: “a  ECA é reconhecida como o lugar onde nasceram os estudos de consumo do país. A gente tem uma revista que se chama Signos do Consumo, que existe há dez anos. Também tem uma linha de pesquisa na pós-graduação em comunicação que tem mais de dez anos”.

De acordo com Clotilde, o evento, além de contribuir para a pesquisa em publicidade e consumo, também tem colaborado para a consolidação da Associação Brasileira de Pesquisadores em Publicidade e Propaganda (ABP2), da qual é presidente, e que nasceu na universidade. A ABP2 é que realiza, junto com o CRP e com a ECA, IX Pró-Pesq PP.

Edição de 2018

Uma novidade no Pró-Pesq deste ano foi a reunião da Federação Latinoamericana de Semiótica (FELS). “A gente expande, assim, a nossa atuação para América Latina e também Portugal e Espanha, que fazem parte da FELS”, explica a docente. Além disso, foi acordado que a ECA vai sediar o Congresso da FELS de 2021. “Foi uma série de ganhos para a área e para própria Escola em termos de visibilidade.”


José Maria Paz Gago, da Universidad de la Coruña, Espanha, apresenta Mujer con bolso. Estrategias resemiotizadoras en la publicidad de marcas de moda

Em relação às edições anteriores, Clotilde destacou o amadurecimento das pesquisas apresentadas no Pró-Pesq. “Se em um primeiro momento os métodos eram muito mais aplicados a questões pontuais do consumo, hoje há uma evolução na pesquisa que, de fato, faz avançar o conhecimento sobre o consumo no país”, afirma. Ela também acredita que houve evolução nas metodologias de investigação. “É um trabalho cumulativo que a gente vem construindo em diálogo com as duas grandes entidades: a INTERCOM, em nível de graduação, e a COMPÓS, a nível de pós-graduação.”

A INTERCOM é a Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, criada em 1977, que estimula o desenvolvimento de pesquisa entre alunos, recém-graduados e pós-graduandos. E a COMPÓS, de 1991, é a Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação, cujos objetivos são o fortalecimento da pós-graduação em comunicação no Brasil, a integração entre os programas existentes, o apoio à implementação de novos programas, dentre outros.

O Pró-Pesq conta com seis grupos de trabalho que se apresentam em sessões simultâneas no último dia do evento. Eles são divididos em Propaganda e linguagens; Publicidade e tendências em tecnologia; Propaganda, ética, direitos humanos e ideologia; Formação em publicidade e propaganda; Publicidade tendências de mercado e consumo e Publicidade, gênero e sexualidade.

Neste ano, foram apresentados trabalhos acerca da estética do funk ostentação, a representação infantil no Youtube, a importância da casa de cultura no Itaim Paulista para a formação dos alunos da Escola Estadual Armando Gomes de Araujo, a regulação da mídia no Brasil, publicidade olfativa e outros temas que podem ser conferidos aqui.

 

Texto: Mirella Coelho
Fotos: Susana Sato