Carta aberta da ECA

Em face do fechamento do prédio central da ECA - Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo - pelo Sindicato dos Trabalhadores da USP - SINTUSP-, conforme divulgado na imprensa em 6 de maio, a Direção e Chefias de Departamentos da Escola que a integram vêm a público manifestar:    

1. repúdio ao cerceamento do legítimo direito de ir e vir e o consequente comprometimento de atividades inadiáveis desenvolvidas por esta Universidade pública;

2. repúdio ao fechamento do prédio central e ao gesto unilateral que
desconsiderou agenda de negociações salariais previamente estabelecida;

3. repúdio ao anúncio público de que a ECA está em greve, uma vez que os grevistas que fecharam o prédio central assumiram este gesto em nome da Escola.

Ressaltamos, por fim, que a ECA vem fazendo todos os esforços necessários para a manutenção das condições de funcionamento da Escola, na busca permanente de um  ensino de qualidade.

Direção e Chefias de Departamentos da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo

São Paulo, 06 de maio de 2010