Exposição "Magnelli" no MAC-Ibirapuera

O Museu de Arte Contemporânea da USP apresenta a exposição Magnelli, em sua sede no Ibirapuera, de 14 de julho a 12 de setembro. Com curadoria de Daniel Abadie, professor de História da Arte na Universidade Livre de Bruxelas, a exposição reúne pinturas do artista italiano Alberto Magnelli (1888–1971). As obras pertencem a acervos da França e da Bélgica, ao próprio MAC e ainda a coleções particulares brasileiras. A mostra foi idealizada e organizada pela professora Lisbeth Rebollo Gonçalves, do departamento de Comunicações e Artes (CCA) . A entrada é gratuita.
 
Magnelli foi um pioneiro da abstração, conviveu com Appolinaire, Picasso, Léger, Gris, e Archipenko, entre outros, o encontro com Matisse que influencia a composição de interiores com figuras humanas, em cores fortes e contornos pretos. O artista manteve estreita ligação com o Brasil, exercendo papel importante na fundação do Museu de Arte Moderna de São Paulo. Muito próximo de Francisco Matarazzo Sobrinho, patrono do Museu, Magnelli morava em Paris e fez muitas aquisições para o museu, oferecendo um contínuo aconselhamento a Ciccillo Matarazzo para a construção do acervo do MAM-SP. Hoje, essas obras integram o acervo do MAC-USP.
 
Exposição 
Abertura: 13 de julho, às 19h
Data: 13 de julho a 12 de setembro
Funcionamento: terça a domingo das 10 às 18h
 
Local: MAC USP Ibirapuera
Pavilhão Ciccillo Matarazzo, 3º piso – Parque Ibirapuera
Prédio da Bienal (acesso pela rampa lateral)
 
Mais informações: 5573-9932 - www.mac.usp.br