Tese do PPGAV é premiada em concurso sobre a Semana de Arte de 1922

O aluno do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais (PPGAV) Thiago Gil de Oliveira Virava foi premiado no concurso promovido pela Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin: 3 vezes 22, que busca reconhecer trabalhos que tratem de duas datas importantes para a história brasileira: o centenário Semana de Arte Moderna e o bicentenário da Independência. 

O pós-graduando foi premiado na primeira categoria, com a tese Um boxeur na arena: Oswald de Andrade e as artes visuais no Brasil, 1915-45, que realizou sob orientação do professor Tadeu Chiarelli, no ano de 2018. Segue abaixo uma parte do resumo do trabalho:

Singulares do ponto de vista da escrita e das estratégias discursivas que mobilizam, os textos de Oswald de Andrade que discutem as artes visuais revelam um pensamento em constante movimento e atento ao que entendia serem as demandas de uma época de transformações e de luta pela construção de uma sociedade menos opressora, na qual as artes ocupavam posição estratégica. Com base na investigação desse material, defende-se aqui que as artes visuais foram um elemento constitutivo de sua experiência intelectual e criativa, não ocupando uma posição secundária em relação à sua atuação como escritor, poeta e jornalista polemista.

Os trabalhos ganhadores serão publicados pelo selo BBM Publicações. O concurso surge no contexto do projeto 3 vezes 22, que busca refletir criticamente sobre esses momentos históricos importantes para o Brasil, por meio da promoção de cursos, palestras e outras atividades ao longo dos próximos meses.