Alunos da ECA criam programa que estimula a amamentação em público

Todos os dias as mulheres enfrentam problemas de variados e inúmeros tipos perante a sociedade contemporânea. Entre eles, estão o constrangimento e o desincentivo à amamentação. E foi com foco nestes dois aspectos que alunos de jornalismo do Departamento de Jornalismo e Editoração (CJE)  elaboraram um projeto interdisciplinar intitulado Amarmentar – De peito aberto, de peito livre.

O objetivo do trabalho é discutir e difundir a problemática do cerceamento do direito de amamentar das mulheres, que muitas vezes passa despercebido pela sociedade. Inclusive pessoas de relação mais próxima julgam e até mesmo condenam a mãe que põe o seio à mostra, e muitas pessoas não notam que esse problema é uma questão pública.

O trabalho foi realizado pelos alunos Ana Beatriz Brighenti, Bruna de Alencar, Hailton Biri, Giovanna Gheller, Luiza Fernandes e Susana Berbert. A coordenação foi das professoras Daniela Osvald Ramos e Mônica de Fátima Rodrigues Nunes Vieira.

Vale lembrar que, em abril de 2015, foi aprovada em São Paulo uma lei que multa estabelecimentos que proibirem mães de amamentar seus filhos onde estiverem. Além de questionar a tutela sobre o corpo feminino, o Amarmentar busca dar apoio às mães em uma fase tão delicada e inédita em suas vidas.

Para conhecer melhor o projeto, assista ao documentário Amarmentar – De peito aberto, de peito livre. Mais informações podem ser encontradas no site www.armarmentar.org