Amy Lin se apresenta em concerto com curadoria de Eduardo Monteiro

No próximo domingo, 8 de outubro, a Fundação Maria Luisa e o Oscar Americano dá prosseguimento a série Concertos 2017 com a apresentação da pianista Amy Lin. O concerto possui curadoria do professor Eduardo Monteiro, docente do Departamento de Música (CMU) e contará com interpretações de Mozart, Schumann, Schubert e Liszt.

A apresentação conta com as composições de Mozart, Sonata K. 311, em ré maior, Allegro con spirito, Andante con expressione e Rondo; Schumann, Sonata n. 2, op. 22, em sol menor, Vivacissimo, Andantino, Scherzo e Rondo; Schubert - Improviso op. 90 n. 3, em sol b maior, Improviso op. 90 n. 2, em mi b maior e Liszt - Valsa Mefisto n. 1. O evento terá 60 minutos de duração, com início às 11h30. A capacidade do teatro é de 107 lugares e os ingressos custarão R$ 50 reais.


Foto: Klaus Stoeber

A pianista

Amy Lin nasceu em Taiwan, no entanto, migrou quando criança com a família para os Estados Unidos. No país, cursou graduação em matemática, estudando piano no Peabody Conservatory. Descendente de uma geração ‘beethoveniana’ que vem de Czerny, Leschetizky e Fleischer, Amy tem forte interesse na música de Mozart, Beethoven e Schubert. Seu repertório é diverso e cobre um grande período histórico, realizando muitas estreias de peças de vários compositores.  

Em suas gravações, Amy insere obras de Mozart, Beethoven, Schubert, Schumann, e compositores asiáticos como Chou-Wen Chung, Qigang Chen, Xiaoyong Chen, Chen Yi, Keeyong Chong, Tan Dun e Zhou Long.