Ana Mae Barbosa lança livro sobre mulheres e educação artística

A relação entre as mulheres e a arte mudou muito ao longo do tempo. Antes, apenas musas de grandes pintores. Hoje, responsáveis pela prática e pelo ensino da arte. Mas isso não significa que os preconceitos e as dificuldades acabaram. É motivada por esses desafios que a professora da ECA, Ana Mae Barbosa, em conjunto com a arte-educadora Vitória Amaral, lança o livro Mulheres não devem ficar em silêncio – arte, design, educação.

Publicado pela editora Cortez, o livro é uma coletânea de artigos que versam sobre a mulher e a educação artística. O lançamento aconteceu no último dia 25 de abril no Sesc Vila Mariana, ao final do Congresso de Ensino/Aprendizagem das Artes na América Latina: Colonialismo e Questões de Gênero, evento que tem o objetivo de propor a discussão sobre arte e valorização da cultura latino-americana. 

A professora Ana Mae, primeira especialista em arte-educação no país, realiza um extenso trabalho na área. Já orientou diversos trabalhos e ainda é requisitada pelos alunos da USP, mesmo depois de sua aposentadoria como docente. Foi diretora do Museu de Arte Contemporânea da USP (MAC), onde sistematizou pela primeira vez o ensino de arte em museus. 

Em entrevista ao Jornal da USP, Ana Mae comenta sobre o novo lançamento: “Esta obra é uma bricolagem; é pesquisa, é memória, é celebração, é homenagem, é ativismo em prol da conscientização das arte-educadoras e arte-educadores acerca da condição periférica da mulher na arte-educação e da arte-educação em relação aos poderes dominantes.”

com informações do Jornal da USP