Ana Mae Barbosa vence Prêmio Itaú Cultural 30 Anos

Pioneira nos estudos em arte-educação, a professora aposentada da ECA e ex-diretora do Museu de Arte Contemporânea (MAC) Ana Mae Barbosa, foi uma das contempladas do Prêmio Itaú Cultural, realizado em homenagem aos 30 anos da instituição, um braço de fomento à cultura no Brasil do banco de mesmo nome. Com o intuito de premiar pessoas e coletivos que atuaram de forma relevante na vida cultural do país nos últimos 30 anos, o Itaú Cultural promoveu uma cerimônia de premiação, que aconteceu no último dia 12 de junho, no Teatro do Ibirapuera. 

Ana Mae venceu na categoria Aprender, concedida à pessoas que promoveram, no período considerado, ações de educação além da escola formal no país, intervindo significativamente na cultura brasileira. Além dela, foram premiados ainda outros nove nomes: Mestre Meia-Noite (Gilson Santana), também na categoria Aprender; Lia Rodrigues e Véio (Cícero Alves dos Santos), na categoria Criar; Hermeto Pascoal e o grupo cênico Teatro de Vertigem, na categoria Experimentar; Eliane Sousa Silva e Niède Guidon, na categoria Inspirar e Davi Kopenawa e Sueli Carneiro, na categoria Mobilizar

Ana Mae Barbosa começou sua trajetória acadêmica com a graduação em Direito, porém, contra sua vontade, ingressou em um curso, ministrado por Paulo Freire, para prestar um concurso de professora primária. Neste, por influência do educador, acabou se encantando com a educação e entendendo que esta poderia ser uma prática libertadora. Daí em diante, tendo contato com a arte-educação, resolveu estudar o assunto mais profundamente, desenvolvendo mestrado na Universidade de Yale e doutorado na Universidade de Boston. 

Desenvolveu uma abordagem triangular para o ensino da arte, que considera uma atuação que une contextualização histórica, fazer artístico e a apreciação das obras de arte. À frente do MAC, entre 1987 e 1993, foi responsável por redefinir seu perfil elitista, obrigando as instituições museológicas a pensar na integração da comunidade. Hoje, acumula diversos prêmios e assina vários livros que são referência para a arte-educação contemporânea.

O Itaú Cultural produziu um folder digital com mais informações sobre os premiados, que pode ser encontrado aqui. Além disso, divulgou um vídeo feito com Ana Mae Barbosa, reproduzido abaixo: