Comunicação, estudos para a paz e violência organizacional são temas da revista Organicom

A nova edição da revista semestral Organicom, de volume 15 e número 28, já está disponível e pode ser acessada no Portal de Revistas da USP.  Com o tema  Comunicação, estudos para a paz e violência organizacional, o novo exemplar traz textos assinados por pesquisadores renomados nos campos de estudo de promoção da paz, como Johan Galtung, Hakan Wiberg, José Manuel Pureza, Xavier Giró, Sandra Fuentes, Alberto Gomes, Wolfgang Dietrich, Eduardo Forero,Irene Comins Mingol, Josefina Alvarez e Érika Ospina.

Considerando os mais recentes acontecimentos na geopolítica latino-americana, o editorial da nova edição justifica o tema abordado: “A emergência de se tratar tal assunto se mostra evidente em um mundo assolado por conflitos étnicos, territoriais e políticos, tendo seu grande expoente na crise dos refugiados que a cada dia se agrava e começa a afetar o Brasil com a chegada dos venezuelanos”.

O novo volume também conta com entrevistas com os especialistas em comunicação para paz e cidadania, respectivamente, Maximiliano Vicente e  Eloísa Nos Aldás, em seção intitulada Diálogos entre o Norte e o Sul Global sobre violência e comunicação para a paz. Além disso, a edição traz textos e resenhas diversas e artigos produzidos em espaço aberto ao leitor.

Tendo Margarida Maria Krohling Kunsch, professora do Departamento Relações Públicas, Propaganda e Turismo (CRP) da ECA, como editora responsável, a Organicom é um suplemento semestral que traz artigos, depoimentos, resenhas, entrevistas e pesquisas de especialistas conceituados nacional e internacionalmente visando enriquecer as discussões das áreas de Relações Públicas e Comunicação Organizacional.


Maximiliano Martin Vicente, professor da UNESP, é um dos entrevistados da nova edição da revista do Departamento de Relações Públicas, Propaganda e Turismo (CRP). Foto: Reprodução/Organicom