Corpo:

Sob o título Mídia, Imaginário e Política na América Latina, acaba de ser publicada a nova edição (ano 10, nº 2) da revista Extraprensa, vinculada ao Centro de Estudos Latino-Americanos sobre Cultura e Comunicação (Celacc). São 26 artigos, sobre os mais variados temas: cidadania comunicativa, internet e esfera pública, gênero e política, memória discursiva e lugar de fala, mulheres e movimentos emancipatórios são alguns deles.

Destinada à publicação da produção científica nas áreas da cultura e da comunicação no Brasil e na América Latina, a revista Extraprensa abrange temas como: diversidade cultural, cidadania, jornalismo, expressões das culturas populares, artes, mídias alternativas, epistemologia e metodologia em cultura e comunicação. A revista faz parte do Sistema CAPES de Publicações e do Sistema de Revistas da Universidade de São Paulo, seguindo os padrões internacionais de indexação e catalogação.

Chamada para artigos

A publicação está recebendo artigos para a edição do segundo semestre de 2017. São admitidos trabalhos de pesquisadores sêniores que queiram socializar suas produções intelectuais inéditas na área de comunicação, cultura e integração da América Latina. A submissão dos trabalhos deve ser feita por meio do sistema eletrônico.

Para a sua edição de dezembro/2017, o tema será Comunicação, cultura e movimentos sociais na América-Latina, com prazo limite para envio dos artigos de 14 de outubro. Os autores que desejam submeter trabalhos à revista devem ficar atentos às normas de publicação e ao modelo de submissão. São perfis de publicações da Extraprensa: artigos, resenhas, relatório de pesquisas e comentários científicos.

 

Corpo:

Os professores Vitor Blotta, do Departamento de Jornalismo e Editoração (CJE) e Luiz Fernando Ramos, do Departamento de Artes Cênicas (CAC) participarão do seminário SPeCTReSS - Social Performances of Cultural Trauma and the Rebuilding of Solid Sovereignties & XII Symposium of Irish Studies in South America, que será sediado na USP entre os dias 22 e 25 de agosto, com o tema Rethinking cultural trauma from transnational perspectives.

Blotta irá participar da mesa redonda Narratives of Trauma and Discourses of The Nation, que ocorre no dia 23 de agosto, às 9h, onde apresentará o trabalho You will never understand: The monopoly of the place of speech through cultural trauma narratives in Brazil and Croatia. Além dele, estarão na mesa Sérgio Adorno, professor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH-USP) e Juergen Barkoff, da Trinity College Dublin.

Já Luiz Fernando Ramos mediará a palestra de Eunan O'Halpin, da Trinity College Dublin, que ocorre no dia 23 de agosto, às 14h, bem como a mesa redonda Writing and Performing the Nation, no dia 24 de agosto, às 9h, e que conta com a participação de Munira H. Mutran, professora da FFLCH e Mariana Bolfarine, diretora administrativa da Associação Brasileira de Estudos Irlandeses.

O objetivo do SPeCTReSS é discutir os estudos do projeto conjunto entre USP, Trinity College Dublin (Irlanda), Rurh-Universität Bochum (Alemanha), Jagiellonian University (Polônia), University of Tartu (Estônia), Zagreb University (Croácia), Jawaharlal Nehru Univesity (Índia), Yale University (Estados Unidos) e University of Tokyo (Japão), cuja proposta é pesquisar os conceitos de "trauma cultural" e identidades nacionais, focando no modo como a arte e a cultura assistem e revelam o processo do trauma.

O evento é organizado pela Cátedra de Estudos Irlandeses e pela Associação Brasileira de Estudos Irlandeses, com apoio da Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional (AUCANI). É gratuito e a programação completa pode ser encontrada aqui

Corpo:

O impacto da Lava Jato sobre a retomada do crescimento econômico foi o tema da entrevista da jornalista Maria Lydia Flândoli com o professor Gilson Schwartz, do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR), transmitida no último dia 15 de agosto, na TV Gazeta.

Schwartz comentou a declaração do presidente do BNDES de que não há “economicidade” nas decisões judiciais. Segundo Paulo Rabello de Castro “não sobrou praticamente uma única grande empreiteira com cadastro para fazer o próximo negócio dentro do banco". Para o professor, essa ideia remete a uma discussão antiga na economia de que há empresas que são “grandes demais para quebrar”, que atualmente está sendo repensada. Schwartz observa ainda que, indiretamente, o diretor faz uma “defesa dos investimentos feitos pelo banco”, já que muitas empresas hoje investigadas receberam financiamento do BNDES.

Para o professor Gilson Schwartz, apesar do impacto imediato que causa na economia, as investigações terão efeito positivo a médio e longo prazo uma vez que poderá “aumentar a credibilidade do sistema econômico brasileiro”.

Assista na íntegra:

 

 

Corpo:

A Novos Olhares: Revista de Estudos Sobre Práticas de Recepção a Produtos Midiáticos está com uma nova edição – o volume 6, nº 1, lançada no final do primeiro semestre de 2017. O periódico é publicado semestralmente pelo  Programa de Pós-graduação em Meios e Processos Audiovisuais (PPGMPA).

Nesta edição, a revista traz uma entrevista com o professor David King Dunaway, da Universidade do Novo México, por Daniel Gambaro e Eduardo Vicente, editor da revista. Dunaway discorre sobre a importância do documentário radiofônico na tradição norte-americana e sobre alguns dos trabalhos que realizou nessa área. A publicação traz ainda nove artigos em que reflexões sobre questões étnicas, etárias, socioeconômicas e de gênero.

Criada em 1998 pelo Grupo de Estudos Sobre Práticas de Recepção a Produtos Mediáticos, sob a coordenação do professor Mauro Wilton de Sousa, a revista teve, até 2007, 20 edições impressas, tornando-se uma das principais referências do país na área de estudos culturais. A partir de 2012, a publicação entra em nova fase, quando passou a ser publicada exclusivamente em formato digital. A Novos Olhares prioriza os textos de professores-doutores, na forma de dossiês e artigos, mas aceita colaborações de alunos de pós-graduação stricto sensu, oferecendo espaço para a publicação de trabalhos de doutorandos, mestres e, em casos especiais, mestrandos.

Entrevistado pela Novos Olhares, David King Dunaway, documentarista, historiador, biógrafo e professor de Inglês e Literatura na Universidade do Novo México. Foto: Stanford Arts

Corpo:

A Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional (AUCANI) divulga a abertura do Edital 748/2017, que oferecerá duas vagas de intercâmbio no Programa de Bolsas Universidad Autónoma de Madrid (UAM) / Santander (Espanha) para alunos de mestrado, no primeiro semestre de 2018.

Os interessados deverão se inscrever até 29 de agosto, exclusivamente pela internet, através do Sistema Mundus, devendo comprovar nível intermediário de espanhol. Os contemplados receberão isenção das taxas acadêmicas, auxílio-viagem, auxílio-manutenção e seguro saúde, a serem bancados pela Universidad Autónoma de Madrid e pelo Banco Santander.

Quaiquer dúvidas devem ser enviadas pelo canal Fale Conosco (Assunto: Editais - Intercâmbio).