Em entrevista à ECATV, professores do Comunicantus falam sobre as atividades do laboratório em 2017

Em entrevista à ECATV, os professores Marco Antonio da Silva Ramos e Susana Cecilia Igayara, do Departamento de Música (CMU), falaram sobre as atividades realizadas pelo laboratório coral Comunicantus durante o ano de 2017. A entrevista foi concedida durante o Festival Comunicantus, realizado nos dias 23 e 24 de novembro no Espaço das Artes.

"Este foi um ano muito forte. Nós tivemos um primeiro semestre com uma programação em torno de poemas de García Lorca; depois, no segundo semestre, nós fizemos obras do oratório Christus, de Liszt, e também de compositores brasileiros. Foi um repertório muito interessante e com muitas novidades", contou Marco Antonio Ramos. Apresentado no MAC USP Ibirapuera, no Espaço das Artes e no Museu Lasar Segall, o concerto ¡¡¡Lorca!!! contou ainda com a participação professor Edelton Gloeden (violão), docente do CMU.

Também no primeiro semestre, o Comunicantus recebeu a regente argentina Cristina Gallo, professora da Universidad Nacional de Villa Maria. Durante sua estadia na USP, Gallo conheceu os diversos grupos corais do Comunicantus e participou de mesa-redonda sobre o ensino de canto coral e regência. A visita da regente foi celebrada com o Encontro Musical Brasil e Argentina, concerto com repertório composto por músicas dos dois países, em apresentação que reuniu três grupos corais do Comunicantus e o grupo Sestina, do CoralUSP, no Auditório István Jancsó da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin.


¡¡¡Lorca!!! apresentou três olhares musicais estrangeiros para os textos do poeta espanhol Federico García Lorca. 
Foto: Divulgação/Comunicantus

Destaque também para a participação do Coral da Terceira Idade no encerramento das atividades do Dia do Calouro da Universidade Aberta à Terceira Idade, evento realizado em agosto pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP. Em 2017, o Coral da Terceira Idade celebrou 20 anos de existência, feito que rendeu uma homenagem ao grupo no Festival Comunicantus deste ano. O evento apresentou vários coros adultos, entre eles os grupos universitários, como Coral da ECA-USP, e o próprio coro dos alunos da terceira idade. A novidade deste ano foi a inclusão de grupos instrumentais, facilitada pela acústica do Espaço das Artes. "Tem sido muito interessante o uso do Espaço das Artes pois a acústica deste lugar para canto coral é mágica", elogiou Ramos. "O átrio tem uma acústica parecida com o que eu encontrei na Europa, por exemplo, em Cambridge, na capela do King's College. Ela tem uma reverberação parecida, um tempo musical que a própria sala propicia, muito interessante", completou.

Ao longo de todo o ano, o Comunicantus também realizou recitais de conclusão de curso, palestras como Os desafios da pesquisa sobre a biografia de músicos: um depoimento, com a pesquisadora Jane Borges, e workshops, como o de Editoração Musical com o MuseScore, ministrado por Filipe Fonseca. Em dezembro, o laboratório participou ainda de apresentação no Mosteiro de São Bento, acompanhado do organista Lee Ward, da Catedral de Liverpool, e do concerto de encerramento da temporada da Orquestra Sinfônica da USP, que contou ainda com a apresentações da Orquestra de Câmara da ECA-USP (OCAM) e do CoralUSP. No dia sete, encerrando o ano, o Comunicantus promoveu a Mostra Coral 2017, que contou com concertos da Classe de Regência Coral, coro formado por alunos da disciplina Regência Coral. 

Assista a entrevista na íntegra: