Congregação da ECA aprova concessão de título de professora emérita à Sidinéia Gomes Freitas

Em reunião realizada no dia 28 de novembro, a Congregação da ECA aprovou a concessão do título de professora emérita à Sidinéia Gomes Freitas, professora titular aposentada do Departamento de Relações Públicas, Propaganda e Turismo (CRP). A indicação da docente já havia sido aprovada em agosto pelo Conselho Departamental. O título de professor emérito é concedido pela USP a professores aposentados que tenham se destacado por suas atividades didáticas e de pesquisa e, assim, contribuído, de modo notável, para a Universidade. 

Sidinéia Gomes Freitas possui graduação em Relações Públicas e Propaganda (1971), mestrado (1980) e doutorado (1988) em Ciências da Comunicação pela ECA, este último sob o título de A comunicação social como instrumento do poder – as Coordenadorias de Comunicação Social da Nova Republica. Foi presidente do Conselho Federal de Profissionais de Relações Públicas (CONFERP), sendo autora de vários livros nesta área.


Sidinéia Gomes Freitas é pesquisadora na área de Comunicação e Relações Públicas. Foto: Reprodução/Facebook

A docente ingressou na ECA em 1972, como auxiliar de ensino voluntário, na disciplina de Pesquisa de Opinião e Mercadologia. Foi coordenadora do curso de Relações Públicas e chefe do CRP. Durante sua trajetória na Escola, foi orientadora de grande número de mestrandos e doutorandos, entre eles os pesquisadores Fábio França, Marlene Marchiori e João José de Azevedo Curvello.

A cerimônia de concessão do título de professora emérita da ECA à Sidinéia Gomes Freitas está prevista para o primeiro semestre de 2019.