Professores do CMU se apresentam neste sábado na capital

Neste sábado, dia 11, às 18h30, o violonista Edelton Gloeden, docente do Departamento de Música (CMU), irá realizar um concerto no Sesc Vila Mariana. Também no sábado, às 21h, o trio de piano, clarinete e violoncelo formado pelos também professores do CMU Gilberto Tinetti, Luis Afonso Montanha e Robert Suetholz apresenta-se na Sala Guiomar Novaes do Complexo Cultural Funarte.

Gloeden apresenta dois exemplos máximos das composições J. S. Bach: a Suite em Lá menor BWV 995 e a Partita II em Ré menor BWV 1004, feitas entre 1717 e 1723, respectivamente. Para a transcrição da Suite foi utilizada uma cópia manuscrita do próprio Bach. Já a Partita II faz parte da coleção Sei Solo a Violino Senza Basso Accompagnato.

Edelton Gloeden possui doutorado em Artes pela ECA. Além de docente do CMU, o violonista apresenta-se em recitais solo, com grupos de câmaras e em concertos com orquestra em todo o Brasil. Também atuou como diretor artístico e pedagógico do Festival Leo Brouwer em São Paulo entre 2008 e 2013. O SESC Vila Mariana está localizado na Rua Pelotas, 141, no bairro da Vila Mariana. Os ingressos para a apresentação podem ser acessados aqui.


Edelton Gloeden é o convidado da Série Concertos - Bach e Suas Influências, do Sesc Vila Mariana. Foto: Comunicantus

Já o trio formado por Gilberto Tinelli, Luis Afonso Montanha e Robert Suetholz apresenta-se em concerto com curadoria de Suertholz e faz parte do projeto Funarte Musical. Os músicos tocarão o Trio Op. 11 para piano, clarinete e violoncelo de Beethoven e o Trio Op. 114 de Brahms em concerto no Complexo Cultural Funarte, sediado na Alameda Nothmann, 1058, Campos Elíseos. 

Ao longo de sua carreira, o pianista Gilberto Tinetti se apresentou em vários países da Europa, América Latina e dos Estados Unidos sendo considerado um dos melhores cameristas brasileiros. Foi diretor artístico e professor dos Seminários de Música Pró Arte de São Paulo e atuou como docente do CMU entre 1980 e 2002.  

Luis Afonso Montanha foi o primeiro clarinetista a atuar na Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, de 1992 a 2014. Fez especialização em clarinete/clarone no Conservatório de Rotterdam, na Holanda. Desde 1992, é docente de clarinete/clarone e música de câmara no CMU, onde hoje é chefe de departamento. Já venceu, como solista, o Prêmio Eldorado de Música e o Prêmio Esso de Música (Holanda), entre outros.

Nascido nos EUA, Robert Suetholz obteve seu mestrado em violoncelo em 1998 na Universidade de Northwestern, em Chicago, e seu doutorado em música pela USP em 2011. É docente de violoncelo no CMU desde 1989 e autor do livro Técnicas de reeducação corporal e a prática do violoncelo.

Mais informações sobre a apresentação do grupo aqui.


Trio formado por Gilberto Tinetti, Robert Suetholz e Luis Afonso Montanha se apresenta na Funarte SP. Foto: Divulgação