Uma década de crítica de mídia: confira o novo e-book do MidiAto

Grupo de pesquisa lança coletânea gratuita; obra traz projeto visual e recursos de áudio inovadores 

 

O Grupo de Estudos de Linguagem: Práticas Midiáticas (MidiAto), do Departamento de Jornalismo e Editoração (CJE), desenvolve há dez anos reflexões sobre temáticas associadas ao universo da produção e mediação de discursos. Agora, 16 artigos produzidos pelo grupo ao longo da última década podem ser conferidos no e-book Narrativas Midiáticas: crítica das representações e mediações (ed. Kritikos). Com organização das professoras Rosana de Lima Soares e Mayra Rodrigues Gomes, coordenadoras do MidiAto, a publicação é complementada por recursos em áudio no formato podcast. 

A ideia do livro surgiu no Simpósio Linguagem e Práticas Midiáticas, evento realizado pelo grupo em abril de 2019. Na ocasião, diversos pesquisadores apresentaram estudos com ênfase na crítica de mídia para compreender questões contemporâneas que cercam objetos da comunicação. Para a publicação do livro, os textos originais foram ampliados e outros colaboradores se somaram ao projeto. 

 

O livro está disponível para download gratuito no site do Midiato.

 

Segundo Rosana, "a publicação tem especial importância entre aquelas lançadas pelo [selo] Kritikos, criado pelo grupo, por apresentar não apenas textos reunidos em torno de uma temática comum, mas também a própria trajetória das investigações do MidiAto ao longo desses anos". A docente ainda destaca o projeto visual do livro, que busca explorar as potencialidades do formato e-book. "Isso pode ser visto nas formas e imagens que integram a obra e que, somadas aos links para áudios referentes a cada capítulo, atestam o compromisso do MidiAto com a inovação".  

Narrativas Midiáticas: crítica das representações e mediações pode ser baixado gratuitamente no site do MidiAto.

 

 

Mídia e seus impactos no imaginário social são tema de outra publicação

Recentemente, Rosana Soares lançou o livro Sutileza e grosseria da exclusão nas mídias (Alameda Editorial), no qual diversos autores refletem sobre o papel da mídia na construção de estigmas sociais. Para isso, eles partem das teorias da comunicação e dos estudos da mídia, mobilizando também questões das ciências sociais, antropologia e psicanálise. 

Junto ao e-book lançado pelo MidiAto, a publicação se insere em um importante trajeto de análise sobre os discursos veiculados nas mídias e seus amplos impactos no imaginário social. Para saber mais sobre a obra, confira esta matéria