ECA é premiada em duas áreas do Guia do Estudante

No última semana, o Guia do Estudante, publicado pela Editora Abril, divulgou os vencedores do Prêmio de Melhores Universidades 2017, que busca avaliar, em oito áreas do conhecimento, instituições públicas e privadas de ensino superior e seus cursos de graduação. A ECA foi premiada na área de Comunicação e Informação e na área de Administração, Negócios e Serviços, com o curso de Turismo. A USP ganhou como a melhor universidade pública do país.

“Em 51 anos de existência, a Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, na Cidade Universitária, em São Paulo, figura como uma instituição pioneira na construção do pensamento comunicacional no país, responsável diretamente pela formação de gerações de jornalistas, artistas e pensadores que atuaram e atuam, ainda hoje, ativamente na sociedade”, disse Eduardo Monteiro, diretor da Escola, em entrevista ao Guia do Estudante.

Além da premiação na área de Comunicação e Informação, o curso de Turismo da ECA também foi premiado como um dos melhores cursos na área de Administração, Negócios e Serviços de universidades públicas, em conjunto com a Faculdade de Economia, Administração e Negócios (FEA) e os bacharelados em Marketing e Gestão de Políticas Públicas da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). 

Em setembro, o Guia do Estudante já havia anunciado a avaliação dos cursos de graduação. Os cursos de Jornalismo, Editoração, Relações Públicas, Bacharelado em Artes Visuais, Artes Cênicas, Biblioteconomia e Educomunicação da ECA receberam 5 estrelas, a nota máxima. Publicidade e Propaganda, Turismo, Audiovisual, Licenciatura em Artes Visuais e Música, por sua vez, ficaram com 4 estrelas. Em sua 27° edição, o prêmio analisou a qualidade de 16.700 mil cursos de graduação de todo o Brasil.

Dos 141 cursos da Universidade que foram analisados, das três grandes áreas do conhecimento (exatas, humanas e biológicas), 121 receberam 5 estrelas e os outros 20 ficaram com 4 estrelas. A análise é realizada através de um questionário enviado às Universidades, com temas relativos a projeto pedagógico, produção científica, corpo docente e inserção dos alunos no mercado de trabalho, entre outros assuntos. Coordenadores de cursos, diretores e professores parceiros do Guia do Estudante emitem, na sequência, conceitos que permitem classificar os cursos entre uma e cinco estrelas, sendo que são divulgados aqueles que recebem três ou mais estrelas.