ECA na mídia: Plínio Martins narra sua trajetória

Em entrevista para o jornal Folha de São Paulo, Plínio Martins Filho, docente do Departamento de Jornalismo e Editoração (CJE), explica a sua trajetória como docente desde a década de 1980, diretor editorial e presidente da Editora da Universidade de São Paulo (EDUSP) durante 26 anos. O professor foi responsável pela edição de mais de 1.600 obras pela editora, vencendo com mais de 80 trabalhos o Prêmio Jabuti, que premia as principais obras nacionais em diversas categorias.

Em outubro de 2017, pela primeira vez como autor, o docente foi um dos vencedores com o livro Manual da Editoração, publicado pela Editora da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), coedição entre a Editora da Universidade de São Paulo (EDUSP) e a Editora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), obtendo primeiro lugar do Prêmio Jabuti na categoria Comunicação.

O manual é resultado da tese de doutorado do docente, defendida em 2006 junto ao Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação (PPGCOM) da ECA. Apesar da defesa naquele ano, a ideia do manual já era desenvolvida pelo autor há mais de 20 anos. O manual possui os principais aspectos voltados à editoração de livros, desde a preparação e a edição de originais até o projeto gráfico, a tipologia, a revisão, a normalização tipográfica, a ortografia, a pontuação e a bibliografia.

A reportagem destaca a trajetória do docente, nascido em Pium, município do Tocantins, pontuando a origem do docente com uma família humilde e semianalfabeta, o trabalho na roça durante a infância e sua vinda para São Paulo. Seguido de um emprego no depósito de uma editora onde começou a se interessar pelo processo de edição de livros; se graduando em psicologia em 1980.

Na entrevista também há os detalhes acerca da publicação do manual com a coedição da EDUSP e UFMG. Há também comentários do jornalista Ulisses Capozzoli que está escrevendo uma biografia de Plínio com previsão de lançamento em abril de 2019, ano que a Editora da Universidade Federal do Pará (UFPA) completa 50 anos. O evento da publicação fará uma homenagem ao docente, com a exposição: Plínio Martins Fillho: Um homem feito de Livros.

O docente também pontua o seu trabalho de coordenação na Com-Arte, editora do curso de editoração da ECA, sendo a única editora-laboratório dentro de um curso de editoração em todo o país. Por fim, ele explica o seu projeto atual que é a construção de uma editora dentro da universidade, a Publicações BBM, da Biblioteca Brasiliana, que terá livros no catálogo como Rubens Borba de Moraes: Anotações de um Bibliófilo, As Bibliotecas de Maria Bonomi e Arquivo Zila Mamede: Inventário. O docente termina a entrevista dizendo: “Sempre digo: cada livro tem uma história. Esta é a do manual.”

Confira a matéria completa aqui.