Cinema e História são discutidos em Colóquio Internacional

Entre 29 de novembro a 2 de dezembro, a Escola de Comunicações e Artes da USP realizou o I Colóquio Internacional de Cinema e História, promovido pelo Grupo de Pesquisa CNPq “História e Audiovisual: circularidades e formas de comunicação”, coordenado pelos professores Eduardo Morettin, do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR) e Marcos Napolitano (FFLCH).

                      
     (esq./dir.) Danielle Crepaldi Carvalho, Margarida Adamatti, Lúcia Ramos Monteiro, Carolina Amaral de Aguiar, Eduardo Morettin

Na abertura do Colóquio, a Comissão Organizadora, composta pelo professor Eduardo Morettin, Carolina Amaral de Aguiar, Danielle Crepaldi Carvalho, Lúcia Ramos Monteiro e Margarida Adamatti, explicou que o objetivo do evento é viabilizar um debate sobre metodologias de estudo que combinem a análise estética das obras audiovisuais com preocupações historiográficas, considerando o objeto fílmico em seu potencial como fonte para o conhecimento.

A intenção é a de permitir o intercâmbio com os pesquisadores da área, não apenas por meio das conferências, mas pelo contato com os trabalhos  desenvolvidos.

Em seguida, o professor Ismail Xavier, do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR),  fez uma exposição comparativa entre dois filmes latino-americanos, que são muito diferentes, mas tratam sobre memória política e demanda por justiça. Um deles é o longa-metragem brasileiro Ação entre Amigos, que conta a história de quatro ex-guerrilheiros que se reúnem para se vingar do homem que os torturou durante a Ditadura. O segundo é o documentário Cavallo entre Rejas, sobre Ricardo Miguel Cavallo, torturador da Marinha e cúmplice da Ditadura argentina fugitivo, que teve sua verdadeira identidade descoberta no México.

 

                      
                      (esq. p/ dir.) Professores Ismail Xavier e Eduardo Morettin do CTR

O encontro contou ainda com a participação de outros convidados internacionais, como Vicente Sánchez-Biosca (Universitat de València), Andrea Cuarterolo (Universidade de Buenos Aires), Susana de Sousa Dias (Universidade Nova de Lisboa) e Teresa Castro (Universidade Sorbonne Nouvelle – Paris 3).
 
O Colóquio se estruturou da seguinte forma: pela manhã, comunicações coordenadas, destinadas principalmente à apresentação de resultados de pesquisas em andamento; à tarde, mesas- redondas, com trabalhos que representam trajetórias de pesquisa mais consolidadas.
 

Texto Mariana Rosa
Fotos: Eduardo Peñuela