Edusp tem seis livros contemplados no Prêmio Jabuti 2013

A Editora da USP (Edusp) teve seis publicações premiadas no Prêmio Jabuti 2013, entregue na quinta-feira, 13 de novembro, na Sala São Paulo.

Na categoria Ciências Humanas, a obra O Profeta e o Principal, de Renato Sztutman, ficou em segundo lugar.  Na categoria Ciências Naturais, o terceiro lugar ficou com Vera Lúcia Imperatriz-Fonseca, Dora Ann Lange Canhos, Denise de Araújo Alves e Antonio Mauro Saraiva com a obra Polinizadores no Brasil: Contribuição e perspectivas para a biodiversidade, uso sustentável e conservação de serviços ambientais.

Na categoria Teoria/Crítica Literária foram duas obras premiadas. A Narrativa Engenhosa de Miguel de Cervantes: Estudos cervantinos e recepção do Quixote no Brasil, de Maria Augusta da Costa Vieira ficou em terceiro lugar. O segundo posto foi de Crítica em tempos de violência, de Jaime Ginzburg.

Na categoria Arquitetura e Urbanismo, o terceiro lugar foi de Design sem fronteiras: a relação entre o nomadismo e a sustentabilidade, de Lara Leite Barbosa.

A Edusp ficou em primeiro lugar na categoria Artes e Fotografia com a obra Estou aqui. Sempre estive. Sempre estarei: Indígenas no Brasil. Suas Imagens (1505-1955), de Carlos Eugênio Marcondes  de Moura. A obra mostra 220 povos indígenas com imagens catalogadas em ordem cronológica, numeradas e agrupadas por etnia.